Neste domingo, o Nantes disputou o seu primeiro jogo desde a confirmação do falecimento de Emiliano Sala. Mais uma vez, o Estádio de La Beaujoire preparou um enorme tributo ao seu ídolo. Se anteriormente os Canários usaram o verde da esperança nas homenagens, desta vez assumiram o preto do luto. O clube cobrou apenas €9 por ingresso, independentemente do setor das arquibancadas, um preço simbólico para encher a casa. Aproveitaram a ocasião para oficializar a aposentadoria da camisa 9 e aplaudir um pouco mais o argentino, antes da derrota por 4 a 2 diante do Nîmes, pelo Campeonato Francês.

O tributo aconteceu desde fora do estádio. O Nantes montou um memorial a Sala nas grades de La Beaujoire e os torcedores se reuniram por ali, para um momento de reflexão e silêncio. Todos os jogadores dos Canários vestiram preto desta vez, levando o nome do argentino às costas. Amarraram um exemplar da 9 amarela nas redes. E os próprios atletas do Nîmes também prestaram a sua homenagem, usando uma camiseta branca com o nome do centroavante durante o aquecimento.

 

Na entrada dos times em campo, a torcida do Nantes cantou ‘à capella’ a canção entoada costumeiramente nos gols de Sala. Além disso, surgiu um mosaico em preto, com o número 9 formado em branco. Tulipas amarelas forma levados ao centro do gramado e os jogadores de ambas as equipes se abraçaram à beira do campo. Já durante o minuto de silêncio, a quietude foi suplantada pelos aplausos. Respeito que prevalece e ecoará por muito tempo em Beaujoire.


Os comentários estão desativados.