Millonarios e Atlético Nacional fazem o “superclássico” do futebol colombiano. Os gigantes de Bogotá e Medellín sustentam uma grande rivalidade entre si, especialmente pela disputa ao posto de maior campeão do país. Neste sábado, o Estádio El Campín recebeu mais um duelo entre os clubes. E a grande figura no empate por 1 a 1 foi o goleiro Wuilker Faríñez. A quem acompanha o futebol sul-americano mais de perto, a qualidade do venezuelano não é novidade, fechando o gol de sua seleção na última edição das Eliminatórias. Já neste final de semana, o jovem de 21 anos protagonizou o maior milagre de sua carreira. O camisa 1 dos alviazuis realizou uma série de defesas impressionante, negando três chances enormes aos verdolagas.

Líder do Torneio Apertura do Campeonato Colombiano, o Millonarios encontrava dificuldades diante do Atlético Nacional. Os verdolagas saíram em vantagem no primeiro tempo, com um gol de Vladimir Hernández, aproveitando um rebote de Faríñez após ótima intervenção. Só aos 35 da etapa final é que os alviazuis conseguiram empatar, graças ao paraguaio Roberto Ovelar. E quando os visitantes tinham um jogador a menos, após a expulsão de Steven Lucumí, aconteceu o lance inacreditável, a cinco minutos do fim. Fariñez negou o impossível. O arqueiro realizou uma defesa monumental já na bomba de Sebastián Gómez da entrada da área. Caído, reagiu para pegar também o rebote de Deiver Machado, forte, mas em cima do venezuelano. Por fim, se deslocaria ao meio do gol para desviar outro tiro à queima-roupa. Sequência milagrosa que garantiu o empate ao seu time. Mesmo sentindo dores, era festejado por seus companheiros.

O Millonarios lidera a fase de classificação aos mata-matas do Apertura, com 20 pontos. Já o Nacional é o 12°, mas tem duas partidas a menos que a maioria dos concorrentes. E, pouco a pouco, Faríñez se mostra como uma baita aposta do clube de Bogotá. Já vinha de ótimos momentos com o Caracas, ganhou a confiança de Rafael Dudamel na seleção e agora conquista a torcida colombiana. Até por sua idade, é jogador para ambicionar ainda mais, independentemente da estatura relativamente baixa para a posição – com 1,81 m. O talento e a explosão sob as traves compensam, como bem se viu no El Campín.