O Lille encerrou a invencibilidade do Milan com gosto: 3 a 0 no San Siro, em tripleta de Yazici

O Milan atravessa o seu melhor momento em anos. Os rossoneri lideram a Serie A e sustentavam uma série invicta de 24 partidas, somando todas as competições. Na Liga Europa, porém, a equipe de Stefano Pioli já tinha flertado com a derrota algumas vezes desde as preliminares. E o fim da ótima sequência seria contundente: o Lille foi o responsável por encerrar a invencibilidade, com uma sonora vitória por 3 a 0 em pleno San Siro. Yusuf Yazici incorporou o pesadelo dos milanistas, autor de todos os três gols dos franceses – que, afinal, também vêm em boa fase, na vice-liderança da Ligue 1 e sem perder desde fevereiro.

Durante o início da partida, o Milan tinha quase 70% de posse de bola e se postava no campo de ataque, mas não encontrava muitos espaços na defesa do Lille. A estratégia dos Dogues estava baseada nos contra-ataques e foi assim que os visitantes passaram a ameaçar. Aos 19, aproveitando uma bobeira de Diogo Dalot, Jonathan David arrancou nas costas da defesa e forçou uma boa defesa de Gianluigi Donnarumma. O primeiro gol, todavia, viria logo depois. A arbitragem viu um empurrão de Alessio Romagnoli sobre Yazici. Pênalti, que o próprio centroavante converteu.

A partida ficaria um pouco mais equilibrada depois do gol, sem o controle massivo do Milan. Zlatan Ibrahimovic levou perigo em uma cobrança de falta potente que o goleiro Mike Maignan agarrou, enquanto Theo Hernández também pararia no arqueiro. De qualquer maneira, o Lille conseguia escapar e levar sua dose de perigo, como num chute para fora de José Fonte. E, na volta ao segundo tempo, os Dogues não demoraram a definir a parada.

As entradas de Hakan Çalhanoglu e Rafael Leão não fizeram grandes efeitos ao Milan. Pelo contrário, o Lille era mais eficiente e ampliou aos dez minutos. Depois de uma boa troca de passes pelo meio, Yazici teve espaço e arriscou o chute de fora da área. A bola não foi tão bem colocada, mas quicou diante de Donnarumma e forçou a falha do goleiro. Três minutos depois, sairia o terceiro tento dos franceses. Renato Sanches enfiou a bola para Jonathan David no contra-ataque e o canadense passou a Yazici, que completou sua tripleta.

O Milan voltaria a apelar ao seu banco, com Ismael Bennacer e Ante Rebic renovando as energias da equipe. Nada que tenha adiantado muito. Rebic chegou a exigir uma defesa difícil de Maignan, mas o Lille parecia criar suas oportunidades com mais facilidade e Donnarumma precisaria evitar o quarto de Yazici, antes que o artilheiro fosse substituído por Burak Yilmaz. Jonathan Bamba jogou fora um contragolpe aberto e também poderia ter causado um estrago maior. Os rossoneri viviam de espasmos e, quando Rafael Leão pelo menos poderia anotado o de honra, mandou para fora. Noite péssima a um time que vinha tão bem.

A situação está longe de ser ruim ao Milan na Liga Europa. Com seis pontos, a equipe ocupa a segunda colocação do Grupo H. Está um ponto atrás do Lille, que agora assume a liderança. Mais incômoda é a atuação ruim dos rossoneri. No fim de semana, a equipe de Stefano Pioli defende sua liderança na Serie A contra o Verona. O Lille, por sua vez, encara o Brest pela Ligue 1. Reserva no Francês, Yazici assume a artilharia da Liga Europa com seis gols em três partidas.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore