O Celtic entra na semana do clássico contra o Rangers, pela semifinal da Copa da Escócia, com a cabeça um pouco quente depois do que aconteceu no jogo contra o Ross County, no último domingo. O time de Brendan Rodgers, campeão escocês com antecedência, vencia por 2 a 1 até os 43 minutos do segundo tempo, quando uma simulação descarada de Alex Schalk valeu um pênalti e o empate por 2 a 2.

LEIA MAIS: O título veio fácil. Agora, o Celtic de Rodgers busca entrar para a história

Você nem precisa de replay para ter certeza sobre o lance: Schalk e Erik Sviatchenko caminhavam para dividir a bola na entrada da área, mas o zagueiro do Celitc freia e tira completamente o corpo da jogada. Schalk, então, domina e pula levantando os braços. Havia cerca de meio metro de distância entre os dois. E o juizão Don Robertson apontou para a marca do cal. Liam Boyce converteu a cobrança.

“O árbitro absolutamente tirou um ponto de nós”, disse Rodgers. “Eu vi algumas decisões bem ruins desde que cheguei ao Celtic, mas essa foi a pior. Ele (o árbitro) está bem na frente da jogada e claramente não há contato. Às vezes, o árbitro poderia ter se enganado se Erik esticasse a perna ou balançasse o pé. Mas ele não fez isso. Ele tirou o pé da frente. O garoto cai e ele dá um pênalti. É uma decisão vergonhosa. É trapaça? Sim. Não vamos minimizar. É isso que foi”.

O técnico do Ross County, Jim Mcintyre, defendeu o seu jogador. Afirmou que Alex foi para a dividida esperando o contato com Sviatchenko e, quando o zagueiro tirou a perna, ele acabou caindo de cara no chão. “Nós certamente não encorajamos os jogadores a caírem sem nenhum contato, o que estou dizendo é que ele esperava o contato e o contato não veio. Pegou bem? Não, certamente não. Não foi pênalti. Então posso entender a frustração do Celtic”, afirmou.

Não faz muita diferença na vida do Celtic empatar ou vencer a essa altura do campeonato porque a única ambição restante para a equipe é tentar conquistar a liga de forma invicta pela primeira vez desde o século 19. No entanto, logo depois do pênalti, o capitão Scott Brown, irritado com a decisão, foi expulso e pode desfalcar o time no Old Firm do próximo domingo. Deveria cumprir suspensão automática, mas o Celtic deve recorrer.