O Inter x Juve teve provocação e intensidade, mas faltaram os gols

Faltaram chances de gol, mas sobraram vontade e emoção no empate sem gols em Milão

O duelo entre Internazionale e Juventus não é chamado de “Derby d’Italia” à toa. A rivalidade intensa não vem exatamente da mesma cidade, mas envolve gigantes de regiões próximas, que contam com torcedores por todo o país. Por isso mesmo, não devia se esperar nada menos do que uma atmosfera fantástica no Estádio Giuseppe Meazza, exatamente o que a torcida nerazzurra proporcionou. E o jogo teve sua dose de drama e emoção, embora tenham faltado gols e chances mais claras. Prevaleceu o empate por 0 a 0, que enfatiza a reconstrução vivida pelas duas equipes e sai de bom tamanho para ambos os lados.

Antes de a bola rolar, destaque para as provocações da torcida da Inter. Os nerazzurri fizeram sua parte esgotando os ingressos para o clássico. E aproveitaram para espezinhar o insucesso dos rivais, ainda que em zoeira de gosto duvidoso. Com os irmãos metralha representando os bianconeri, os interistas falaram da Tríplice Coroa que a Juve sonhou e não conseguiu na última temporada, permanecendo exclusiva ao clube de Milão. Mas, para quem não disputa a Champions há três anos e viu os rivais faturarem o tetra da Serie A, não caiu tão bem.

juvexinter

Em um primeiro tempo bastante disputado, a Juventus teve mais ímpeto no começo, mas parou na precisão dos anfitriões nos desarmes.  Entretanto, a Inter cresceu na sequência da partida e passou a criar as melhores oportunidades. Sobretudo a partir dos 26, quando Brozovic acertou a trave, os nerazzurri levaram mais perigo à área de Buffon. A velocidade da linha de frente do time de Roberto Mancini era importante para abrir espaços, ainda que não finalizassem tanto. Quem trabalhava mais era o árbitro, com muitas faltas e cartões distribuídos.

Já no segundo tempo, o domínio passou de vez à Juventus. Os bianconeri finalmente conseguiram acertar a postura de seu meio-campo e visavam bem mais o gol de Handanovic, especialmente em chutes de média distância. Irreconhecível nos 45 minutos iniciais, Pogba tentava chamar a responsabilidade, enquanto o trio de ataque formado por Morata, Zaza e Cuadrado garantia boa movimentação. Mas, outra vez, a trave acabou negando o gol na melhor oportunidade. Khedira teve a chance dentro da área, mas não marcou por centímetros. E nem as entradas de Dybala e Mandzukic ajudaram a Velha Senhora.

O resultado não serve muito para os dois times na tabela da Serie A. Em terceiro, a Inter perde uma posição na tabela e desperdiça a oportunidade de retomar a liderança, sem vencer já há três rodadas. Enquanto isso, a Juve permanece bem distante do topo, na 14ª colocação, com apenas nove pontos. A vitória teria grande significado para qualquer lado. Mas, nas circunstâncias do equilíbrio do jogo, dá para aceitar de bom grado o empate. A se lamentar, só mesmo a ausência dos gols em um jogo de tanta vontade.