O River Plate mereceu aplausos nesta quarta-feira, ao abrir os portões do Monumental de Núñez para moradores de rua, durante a noite mais fria do ano em Buenos Aires. Bom exemplo não apenas se elogia, mas também se repete sempre que possível. E acaba sendo ainda mais legal ver como o Internacional segue os mesmos passos. Nesta quinta-feira, os colorados fizeram um anuncio parecido. Aqueles que passam frio nas ruas de Porto Alegre também terão um abrigo quente graças ao clube. Nesta sexta-feira, eles poderão se aquecer no Gigantinho, ginásio contíguo ao Beira-Rio.

No local, o Inter doará cobertores e colchonetes aos sem-teto. Além disso, as torcidas organizadas farão um sopão para ser oferecido durante o jantar. A iniciativa faz parte das ações da Campanha do Agasalho Esquenta Porto Alegre, fomentada pelos colorados em parceria com a prefeitura de Porto Alegre.

“O Clube do Povo tem espírito solidário, essa é nossa essência. O clube, desde sua origem, está de portas abertas a todos, sempre olhando pelas minorias e os mais necessitados”, afirma o presidente do Inter, Marcelo Medeiros.

O Gigantinho estará aberto das 19h às 21h de sexta-feira para receber os acolhidos. A princípio, o ginásio abrigará até 300 pessoas. Entretanto, o Internacional aceita doações de colchões e cobertores para ampliar o número de vagas. As doações poderão ser feitas no Portão 1 do Gigantinho. Atualmente, Porto Alegre possui 355 vagas a moradores de rua em seus abrigos municipais.

Em nota oficial, o Inter admite a inspiração oferecida pelo River Plate. “Para abrigar as pessoas com segurança, o Inter obteve a liberação de todos os alvarás necessários. O Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) do ginásio também está em dia. Contamos com o apoio da sociedade gaúcha nesta causa tão importante”, escreve. Gigantinho, no fim das contas, é diminutivo para o tamanho da atitude dos colorados: gigantesca.