A atuação do Manchester United contra o Watford neste sábado, 30, talvez tenha sido uma das apresentações menos empolgantes dos Red Devils desde que Solskjaer assumiu o comando técnico da equipe. Mas o United foi cirúrgico e mesmo diante de um difícil adversário como se mostrou o Watford, conseguiu importante vitória por 2 a 1, que coloca o United temporariamente entre os quatro melhores do campeonato inglês.

Desde o apito inicial, o Watford surpreendeu na postura e não se limitou apenas a dominar a posse de bola, mas conseguiu criar boas jogadas, pecando apenas nas finalizações. O United passava um sufoco desnecessário em casa, e chegou a ter pouco mais de 30% de posse nos primeiros 20 minutos. Mas aos 26 minutos, mesmo em um momento pior, o Manchester chegou ao gol. Luke Shaw fez um desarme no campo defensivo e pegou o Watford desprevenido. O lateral avançou até a faixa do meio campo e deu um passe cortando a defesa para Rashford, que em velocidade, dominou e chutou com categoria na saída do goleiro Ben Foster.

Apesar do gol sofrido, o Watford seguiu jogando de forma mais organizada, ainda que o United tenha equilibrado um pouco as ações. Longe de estar satisfeito, Solskjaer mexeu na equipe antes dos 20 minutos do segundo tempo, colocando Lingard e Andreas Pereira no lugar de Mata e Ander Herrera, respectivamente. A alteração trouxe mais velocidade aos ataques dos anfitriões, que aos 28 minutos ampliaram o placar. Foi dos pés de Lingard que saiu o passe da direita para Martial, que em posição duvidosa dividiu com o goleiro, levou a melhor e finalizou mesmo caído para as redes.

Apesar da segurança dos 2 a 0, o United seguiu correndo riscos. Já nos acréscimos, o Watford conseguiu diminuir com Doucouré, que tabelou com Success dentro da grande área e completou para o gol sem contestação. Nos últimos momentos do jogo, o United ainda teve de recorrer à cera para manter o resultado, que coloca a pressão da vitória sobre o Arsenal. O United substitui o rival na zona de classificação para a Liga dos Campeões por um ponto, ao menos até o fim desta rodada.