O Hertha Berlim monta um projeto ambicioso para se colocar entre os primeiros colocados da Bundesliga e, ao menos, retornar às competições europeias nas próximas temporadas. O time deu sinais de crescimento sob as ordens de Bruno Labbadia, com bons resultados após a pausa do campeonato. Ainda assim, há lacunas na equipe e uma bela contratação foi anunciada nesta terça. A Velha Senhora contratou um dos melhores goleiros das últimas temporadas na Alemanha, ao tirar Alexander Schwolow do Freiburg.

As excelentes atuações de Schwolow na Bundesliga o colocaram na mira de alguns clubes tradicionais da Europa. Benfica e Ajax seriam dois gigantes interessados em seus serviços, mas o poder de compra do Hertha Berlim anda mais alto após a venda do clube ao empresário Lars Windhorst. O arqueiro de 28 anos chega por €8 milhões e tem tudo para se manter como camisa 1 da Velha Senhora durante certo tempo. Quem sabe, para auxiliar o time a alcançar a zona de classificação à Champions League, o objetivo prometido pelos investidores.

Titular do Hertha Berlim durante as últimas cinco temporadas, Rune Jarstein possui uma forte ligação com o clube, mas não vive mais seus melhores momentos aos 35 anos. Além disso, os berlinenses perderam Thomas Kraft para a próxima temporada. Aos 32 anos, o arqueiro revelado pelo Bayern de Munique pendurou as luvas, com problemas de saúde. A necessidade de trazer um goleiro era evidente no Estádio Olímpico. E a solução acaba sendo uma das melhores possíveis, tendo em vista o mercado alemão.

Formado pelo próprio Freiburg, Schwolow passou uma temporada no Arminia Bielefeld, antes de voltar e assumir a titularidade a partir de 2015/16. O arqueiro contribuiu ao acesso do clube e seria um dos responsáveis pela regularidade dos comandados de Christian Streich na Bundesliga. Durante a última campanha, precisou se ausentar por algumas semanas após uma lesão muscular, mas foi essencial ao ótimo desempenho do Freiburg. Disputou 24 partidas e sofreu 32 gols, com algumas atuações fantásticas.

Segundo a tradicional pontuação da revista Kicker, Schwolow foi o melhor de seu time nesta temporada da Bundesliga, o segundo melhor goleiro (atrás de Lukas Hradecky) e o sexto melhor de todo o campeonato. Isso porque na campanha anterior ficou entre os três melhores jogadores da competição, todos eles goleiros. O momento referenda o alemão a dar um salto na carreira e até mesmo ser observado pela seleção. O projeto ambicioso do Hertha Berlim parece atender essa ascensão do arqueiro.

Por enquanto, Schwolow é a única contratação do Hertha para a próxima temporada. Também chegará Lucas Tousart, acertado com o Lyon em janeiro, mas que permaneceu nos Gones por mais alguns meses. E é de se esperar que o mercado seja intenso, com a saída de alguns medalhões – entre eles Vedad Ibisevic, que foi um dos melhores do time na reta final da temporada, mas não renovou seu contrato. Com Matheus Cunha encabeçando esta nova fase, os berlinenses têm dinheiro à disposição para aproveitar uma janela no qual os concorrentes economizarão. E o bom time já terá o seu bom goleiro.