O Grêmio não teve misericórdia do Juventude, que ficou com um jogador a menos aos 19 minutos do primeiro tempo, e goleou o adversário por 6 a 0, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Gaúcho, com dois gols de Luan e o primeiro anotado por Diego Tardelli com a camisa tricolor.

LEIA MAIS: Na pior partida do ano, Grêmio esqueceu de ser Grêmio e foi derrotado pelo Libertad

A vitória que praticamente garante o Grêmio nas semifinais – o Juventude precisaria de uma goleada histórica no jogo de volta – começou a ser encaminhada quando Genilson, capitão do time de Caxias do Sul, foi expulso por um carrinho violento em Pepê. Dois minutos antes, ele havia perdido um gol feito. Pegou a bola livre na pequena área e chutou torto.

Com um a mais, não demorou muito para o Grêmio abrir o placar. Aos 23, Marcelo Oliveira recebeu dentro da área, girou e fez 1 a 0, o único gol do primeiro tempo. A goleada deslanchou apenas depois do intervalo, com dois gols em 11 minutos. André bateu para defesa de Marcelo Carné que, porém, espalmou em cima de Thaciano: 2 a 0.

Com uma bela cobrança de falta, Luan anotou seu primeiro gol desde 10 de fevereiro. Aos 17, o Grêmio roubou a bola no campo de ataque, Alisson tentou encobrir Carné e Luan completou o rebote à meta vazia, com o peito. No fim do jogo, Felippe marcou contra, e Diego Tardelli, em seu quarto jogo pelo Grêmio, abriu sua contagem com um elegante toque por cima do goleiro.

O jogo de volta, na próxima quinta-feira, não será mais do que uma formalidade.