Leonardo da Silva Souza é paranaense, tem 24 anos e nunca jogou profissionalmente no Brasil. Formado nas categorias de base do Matsubara, ele foi para a Bélgica ainda juvenil para defender o Beerschot. Meia-atacante, jogou no Enosis Neon Paralimni, do Chipre,  Metalurh Donetsk, da Ucrânia, Gabala, do Azerbaijão e  Anzhi Makhachkala, da Rússia. Em junho deste ano, foi contratado pelo Partizan. E agora decidiu um dos maiores clássicos do mundo. Neste sábado, foi dele o gol da vitória sobre o Estrela Vermelha por 1 a 0 pelo Campeonato Sérvio.

LEIA TAMBÉM: Palmeiras clareia caminho pensando no título com uma vitória tranquila sobre o Corinthians

O jogo foi muito equilibrado, com ótimas chances de gols para os dois times. A vitória poderia ter ido para qualquer um dos lados. O jogo é sempre muito importante por tudo que envolve, a rivalidade acirrada, mas também pelo campeonato. O Estrela Vermelha é o atual líder e o Partizan precisava diminuir a diferença de pontos. Conseguiu. E Leonardo foi essencial.

O seu gol foi marcado aos 44 minutos do segundo tempo. O seu gol acabou sendo uma das últimas chances do jogo. O Estrela Vermelha ainda tentou o gol de empate em uma última tentativa, mas não conseguiu. A derrota pode tirar o Estrela Vermelha da liderança. Com 22 pontos, o time torcerá contra o Vojvodina, que enfrenta neste domingo o Borac Cacak. O Partizan é o quarto, com 16 pontos.

Chamada Trivela FC 640X63