O Real Madrid segue com a seu tour de futebol ruim pela Espanha nesta temporada e neste sábado teve uma exibição fraca outra vez, em um time que parece estar de férias, mas ainda joga La Liga. Para sua sorte, o adversário, Eibar, não oferecia muita resistência. Mesmo assim, a vitória veio de maneira sofrida e o placar ficou em um 2 a 1 que não convence ninguém. Se houve algo positivo – e olha que estamos sendo bastante generosos em considerar isso – foram os dois gols de Karim Benzema. Positivos para ele, claro, porque o time segue em baixa.

O Eibar nem merecia o castigo no final, com um gol de Benzema que deu algum alívio aos torcedores no Bernabéu. Nada muito além disso. E um alívio bastante envergonhado, dá para dizer. Vencer o Eibar, para alguém como o Real Madrid, não é exatamente um orgulho. É o alívio de não ter tropeçado. A vitória tem em Benzema e Marco Asensio os salvadores. Pouca coisa mais se salvou do Real Madrid.

O primeiro tempo do Real Madrid foi algo terrível. Não conseguiu nem acertar um chute no gol. Fez pouco. E foi o Eibar que marcou primeiro. Aos 39 minutos, Gonzalo Escalante fez a jogada e tocou para Marc Cardona, que recebeu e tocou com categoria para marcar 1 a 0. Foi o placar do primeiro tempo.

Para o segundo, o Real Madrid, de fato, mudou a postura. Não foi nada maravilhoso, e talvez nem servisse para muitas coisas contra um time mais forte, mas serviu contra o Eibar. Marco Asensio fez a jogada e cruzou para Karim Benzema empatar aos 14 minutos do segundo tempo. Nem houve muita comemoração – pudera, o time só empatava. O segundo gol saiu da mesma forma: cruzamento para Benzema. Desta vez, de Toni Kroos, aos 36 minutos do segundo tempo.

O Real Madrid escapou de mais um tropeço em outro jogo de desempenho muito ruim. Sorte que Benzema estava bem afiado com as suas cabeçadas para acertar duas delas e dar a vitória aos merengues. O time precisa fazer mais se quiser bater adversários melhores. Mas, bom, parece que o time está em férias antecipadas já que a temporada tem pouca coisa para ser disputada.

Com 60 pontos, o Real Madrid é o terceiro colocado em La Liga, 13 pontos à frente do Getafe, que é o quarto colocado – os quatro primeiros do Espanhol vão para a Champions League. O técnico Zinedine Zidane terá muito trabalho para remontar esse Real Madrid.