Falar sobre o desempenho do Eintracht Frankfurt nesta Liga Europa já deixou de ser surpresa. As Águias emendaram vitória após vitória, mesmo em um grupo cascudo contra Lazio, Olympique de Marseille e Apollon Limassol. Nesta quinta, a SGE se tornou o primeiro representante alemão na história do torneio continental a conquistar 18 pontos na fase de grupos. E com um triunfo representativo: tudo bem que os laziali já estavam classificados na segunda posição, mas os germânicos anotaram 2 a 1 de virada dentro do Estádio Olímpico. Melhor ainda, os nove mil torcedores presentes na Itália lotaram uma das tradicionais curvas nas arquibancadas – bem mais presentes que os próprios ultras biancocelesti, aliás.

A Lazio abriu o placar no início do segundo tempo, em contra-ataque concluído por Joaquín Correa. O empate se deu nove minutos depois, graças a um chutaço de Mijat Gacinovic de fora da área. E a virada não demorou a se consumar, em outro contragolpe. Sébastien Haller recebeu um lindo passe de Gacinovic e tocou na saída do goleiro. Atravessando excelente fase, o centroavante francês acumula nove tentos e seis assistências nas últimas 11 aparições pelo clube.

O Eintracht Frankfurt fechou a fase de grupos com 18 pontos, 17 gols marcados e apenas cinco sofridos. Campanha massiva, que contou com o apoio frequente de sua torcida. Enquanto os mosaicos deram beleza aos jogos na Commerzbank Arena, as invasões se tornaram frequentes fora de casa. E os milhares de germânicos no Estádio Olímpico, mais uma vez, são testemunhas oculares da história que se concretiza.

Vale dizer, no entanto, que também aconteceram problemas envolvendo a torcida do Eintracht Frankfurt. A imprensa italiana relatou diferentes incidentes em Roma, especialmente pelo lixo deixado em praças históricas. Antes do jogo, ocorreram embates com a polícia e cinco pessoas foram presas. Já dentro do estádio, foram atirados sinalizadores e bombas de fumaça na pista de atletismo ao lado do campo, assim como em setores onde estavam os seguidores da Lazio. A polícia precisou intervir na questão. Por conta dos episódios, as Águias tendem a ser punidas pela Uefa.