Disputado ponto a ponto por quatro equipes, o Campeonato Turco chegou à última rodada com três equipes ainda com chances título, e uma quarta, o Besiktas, brigando por Champions. Quatro partidas ao mesmo tempo, mas, no fim, não houve tanta emoção quanto se imaginava. Precisando apenas de um empate para levar o troféu, o Galatasaray venceu o Goztepe, por 1 a 0, e conquistou o seu 22º título turco (21 na Super Liga). Fenerbahçe, Istambul Basaksehir e Besiktas também venceram, e as posições após a rodada final foram as mesmas de antes de ela começar. 

LEIA MAIS: Besiktas botou garotinha de 10 anos para ser locutora em seu estádio e ela levantou a torcida

O Galatasaray entrou em vantagem na rodada final, graças a uma arrancada desde o retorno de Fatih Terim, em sua quarta passagem pelo clube. Terim assumiu em dezembro e comandou 14 vitórias em 18 rodadas, com seis triunfos seguidos na reta final. A pontuação era de 72 pontos, contra 69 do Fenerbahçe e do Basaksehir. O Besiktas, sem chances de ser campeão, aparecia em quarto, com 68.

O principal critério de desempate na Turquia é o confronto direto. Galatasaray e Fenerbahçe empataram os dois dérbis da temporada por 0 a 0. O saldo de gols viria em seguida. Ambos empatavam com 41, mas, pela combinação de resultados necessária, o Fener obrigatoriamente passaria à frente. Em caso de empate entre Basaksehir e Galatasaray, o primeiro seria campeão por ter feito 5 a 1 no primeiro turno. O tríplice empate, possibilidade concreta, daria o título para o Basaksehir. 

O Fenerbahçe fez a sua parte, abrindo 2 a 0 ainda no primeiro tempo contra o Konyaspor. Acrescentou o terceiro depois do intervalo. Mas precisava que o Goztepe, sexto colocado, cometesse o crime. O 0 a 0 manteve-se até os 21 minutos da etapa final, quando Gomis, artilheiro do torneio com 29 gols, definiu de pênalti o título do Galatasaray. O Fenerbahçe levou dois gols no fim e acabou vencendo por 3 a 2.

O Besiktas precisava vencer o Sivasspor e torcer por dois tropeços para chegar à Champions League. A primeira parte foi fácil: 5 a 1, sem discussões. A segunda, nem tanto. Um dos tropeços quase aconteceu porque o Basaksehir chegou a estar perdendo do Kasimpasa por 2 a 0. Mas Edin Visca e Adebayor, duas vezes, concretizaram a virada, com direito a um pênalti perdido pelos donos da casa. 

No fim, o Galatasaray sagrou-se campeão sem grandes problemas. O Fenerbahçe vai para as eliminatórias da Champions League. Basaksehir e Besiktas, para a Liga Europa.