O Fenerbahçe ainda aparece em uma situação delicada no Campeonato Turco. O objetivo de escapar do rebaixamento está distante de ser cumprido, com os Canários aparecendo apenas um ponto acima do Z-3. Apesar disso, a equipe tem conquistado resultados melhores nas últimas semanas e por pouco não eliminou o Zenit na Liga Europa. Neste sentido, o placar desta segunda-feira serve como uma verdadeira injeção de ânimo ao Fener. O time disputava o clássico contra o Besiktas na Vodafone Arena e parecia pronto a engolir uma goleada dolorosa, com as Águias abrindo três gols de vantagem apenas no primeiro tempo. Pois os visitantes arrancaram o impensável empate por 3 a 3, que quase não terminou em virada épica. Saem com o moral fortalecido.

Terceiro colocado na Süper Lig, o Besiktas possui como principal motivação a vaga na Liga dos Campeões. Aparece distante demais do líder, o Istambul Basaksehir, mas consegue mirar o Galatasaray logo à frente. E a vitória parcial na Vodafone Arena parecia impulso suficiente na perseguição aos Leões. Aos dez minutos, os anfitriões saíram em vantagem graças a Gökhan Gönül. Depois, o artilheiro Burak Yilmaz começou a brilhar. Ampliou cobrando pênalti e, nos acréscimos da primeira etapa, aproveitando assistência de Shinji Kagawa, concluiu o contra-ataque com um belo chute por cobertura. Naquele momento, a reação parecia impossível ao Fenerbahçe, que mal criava oportunidades.

Atual comandante do Fener, Ersun Yanal voltou do intervalo com duas mudanças. Botou André Ayew e Mathieu Balbuena no setor ofensivo, sacando Victor Moses e Mauricio Isla. A postura mais agressiva não demorou a dar resultado. Os três gols dos Canários saíram entre os 10 e os 22 minutos do segundo tempo. Recuado à lateral, Nabil Dirar fez o cruzamento para Miha Zajc anotar o primeiro. Depois, Valbuena mandou na área e Sadik Çiftpinar completou. Por fim, o tento mais bonito. Roberto Soldado ajeitou e Hasan Kaldirim acertou um chutaço do meio da rua, sem chances de defesa para Loris Karius. E o goleiro ainda faria uma defesa decisiva a quatro minutos do fim, rebatendo cabeçada de Eljif Elmas, que poderia significar a virada.

O empate não vale tanto para ambos os times na tabela. O Besiktas fica com 40 pontos e vê o Galatasaray acumular cinco à frente, enquanto o Basaksehir soma 11 a mais. Já o Fenerbahçe sai da zona de rebaixamento. Fica com 25 pontos, só um acima do Bursaspor, outro clube de relevo ameaçado nesta temporada. Mas, por todas as circunstâncias, não se nega quem sente um pouco mais o sabor vitorioso do empate. Com mais 11 rodadas pela frente, ainda que a passos lentos, o Fener dá seus sinais de reação.