O Dortmund nem precisou forçar tanto para afundar ainda mais o Schalke em sua crise, com os 3 a 0 no dérbi

O Schalke 04 cada vez mais amplia sua pior sequência de resultados na história da Bundesliga. Os Azuis Reais chegaram ao Revierderby com uma série de 20 partidas sem vencer pelo campeonato e não seria no Signal Iduna Park que mudariam esta história. Apesar do domínio, o Borussia Dortmund não conseguiu tirar o zero do placar durante a primeira etapa. Foi apenas na volta ao segundo tempo, liderado por Erling Braut Haaland, que o BVB trucidou seus apáticos rivais: vitória por 3 a 0, que reergue os ânimos dos aurinegros após a estreia com derrota na Champions League durante o meio da semana.

O Borussia Dortmund mudou algumas peças em relação à derrota para Lazio, mas seguia com uma equipe forte e um ataque cheio de energia, com o quarteto composto por Haaland, Jadon Sancho, Julian Brandt e Giovanny Reina. O domínio dos aurinegros era total desde os primeiros minutos, mas foi apenas aos 16 que Thomas Meunier forçou uma boa defesa do goleiro Frederik Rönnow. O Schalke mal chegava ao campo de ataque e, nas raras vezes em que tentou, não passou pela defesa do BVB.

A melhor chance do primeiro tempo aconteceu aos 31. Mahmoud Dahoud mandou um míssil cheio de efeito, de fora da área, que estalou o travessão de Rönnow. Apesar do controle, o Dortmund era pouco criativo em suas jogadas e via o ferrolho do Schalke prevalecer. Os anfitriões precisavam de mais agressividade, o que aconteceria no segundo tempo. Aos dez minutos, o gol sairia a partir de uma cobrança de escanteio. Raphäel Guerreiro tabelou pela direita e bateu cruzado. Rönnow espalmou e Manuel Akanji guardou no rebote.

O Schalke fez duas alterações de imediato, mas sentiu o baque e já tomou o segundo aos 16. Um lindo tento de Haaland. O norueguês preparou a jogada pelo meio e passou a Sancho, antes de disparar. Ninguém acompanhou o artilheiro, que recebeu o passe na área e finalizou com muita qualidade. O Dortmund diminuiu o ritmo depois dos gols, mas Haaland seguia com fome e Rönnow evitaria seu segundo. Ainda assim, a superioridade dos aurinegros pesaria. Aos 33, Guerreiro cobrou escanteio e Mats Hummels marcou de cabeça. A pressão do BVB se seguiu, mas sem precisar anotar o quarto, contra um rival que mal incomodou Roman Bürki.

O Dortmund emenda a terceira vitória consecutiva na Bundesliga. Ocupa a terceira colocação, com 12 pontos, atrás do Bayern de Munique apenas pelo saldo de gols. Líder, o RB Leipzig tem um ponto a mais. Já o Schalke, com um ponto em cinco rodadas, é o vice-lanterna e candidatíssimo ao rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore