Após 180 minutos de partidas oficiais pela Juventus, Cristiano Ronaldo ainda não abriu sua contagem pelo novo clube. Teve oportunidades contra o Chievo e não guardou. Neste sábado, na vitória por 2 a 0 sobre a Lazio, a culpa é toda do goleiro Thomas Strakosha, que fez uma linda defesa em chute de fora da área e desviou o cruzamento de João Cancelo que, sem essa intervenção, inevitavelmente terminaria com o gol do melhor jogador do mundo.

A Juve abriu o placar, aos 30 minutos do primeiro tempo, com um arremate rasteiro de fora da área de Mralen Pjanic, e quase ampliou na segunda etapa, quando Ronaldo soltou a bomba, também de média distância. Mas Strakosha conseguiu espalmar por cima do travessão. Pouco depois, Cancelo cruzou da direita, e o goleiro albanês esticou-se para desviar.

Tirou a bola da trajetória do pé direito de Ronaldo, que acabou furando. A pelota ainda bateu no seu calcanhar esquerdo antes de sobrar para Mandzukic fazer 2 a 0 e dar a segunda vitória para a Juventus em duas rodadas. A Lazio, ao contrário, perdeu as duas até agora.

.

.