Aos 37 anos, Miroslav Klose vê a idade minando a sua capacidade física. Ainda assim, o veterano conseguia manter a sua fome de gols. Em três de suas quatro primeiras temporadas pela Lazio marcou pelo menos 12 tentos, enquanto teve a sua importância na Copa do Mundo de 2014, se tornando o maior artilheiro da história dos Mundiais. Em 2015/16, contudo, o centroavante custou a balançar as redes. Até que voltou a demonstrar as suas capacidades nas últimas semanas. Depois de ajudar na classificação do time na Liga Europa contra o Galatasaray, o matador anotou os dois gols da vitória sobre a Atalanta neste domingo. Seus dois primeiros tentos na atual edição da Serie A.

Não foram jogadas do alemão que impressionaram – embora Felipe Anderson tenha servido grande assistência no primeiro. Ainda assim, Klose representou o oportunismo e o ótimo senso de posicionamento nos dois tentos. Serviu para colocar a Lazio na oitava posição da tabela. Para quem ganhou a posição de titular apenas nas últimas rodadas, os gols valem para aumentar a confiança, algo tão importante a um centroavante. “Simplesmente tirei um peso das minhas costas”, declarou na saída de campo. Quem sabe, para viver um último brilho no grande objetivo que resta aos biancocelesti, a Liga Europa. É sempre legal ver a história de uma lenda ganhando novos capítulos.