Durante 90 minutos, o Club Brugge acertou apenas um chute ao gol de Jan Oblak: e que chute. Arnaut Danjuma pego pelo lado esquerdo da área e soltou a perna, no canto do esloveno, para empatar a partida em 1 a 1 com o Atlético de Madrid. Mas não passou de um susto para os espanhóis porque Antoine Griezmann apareceu para resolver a parada e construir a vitória por 3 a 1.

Até então, a partida corria sem problemas para os colchoneros. A defesa lidava bem com os belgas, e Griezmann havia aberto o placar, com uma finalização precisa, recebendo passe de Thomas Lemar. O Brugge empatou com Danjuma, pouco antes do intervalo.

Griezmann, então, tabelou com Diego Costa, aos 22 minutos da segunda etapa, e bateu cruzado, rasteiro, precisamente no canto do goleiro adversário para fazer 3 a 1. Nos acréscimos, o francês fez toda a jogada pelo lado esquerdo e rolou. A bola desviou em Benoit Poulain, e Koke pegou o rebote para fechar o placar.

.

.

.