O clássico sérvio teve show da torcida, mas também pancadaria e atraso

Dérbi entre Estrela Vermelha e Partizan terminou sem gols e com confusão entre ultras e policiais

A maioria absoluta das listas sobre os 10 maiores clássicos do mundo inclui o Dérbi Eterno, entre Estrela Vermelha e Partizan. Algumas delas, até na primeira colocação. Motivos não faltam. O clássico sérvio conta com uma rivalidade ferrenha e que vai além de motivos apenas futebolísticos, mas também políticos e históricos. Algo que se amplifica com o domínio nacional da dupla e também com os sucessos continentais. E, por mais que ambas as equipes já tenham vivido momentos melhores, para os torcedores cada dérbi é o maior dérbi de todos os tempos. Como o realizado neste sábado, no Estádio Marakana, em Belgrado.

HISTÓRIA: Estrela Vermelha, a última glória de um país esfacelado

O futebol foi o de menos no encontro pelo segundo turno do Campeonato Sérvio. Os rivais não passaram de um empate por 0 a 0, que encaminha o Partizan a recuperar a taça depois de ver o Estrela Vermelha estragar o sonho do sétimo título consecutivo na última temporada. E era até natural que os jogadores não produzissem o seu melhor, diante da tensão que se viveu no Marakana. Entre atrasos e interrupções por problemas nas arquibancadas, o duelo terminou quase uma hora depois que o previsto.

Enquanto os times entravam em campo, começou a pancadaria entra a principal torcida organizada do Estrela Vermelha e a polícia. Parte do estádio acabou destruída, com cadeiras arremessadas contra os policiais, que revidaram com escudos e cassetetes. Várias pessoas ficaram feridas, sem divulgação oficial sobre números exatos. O incidente fez com que o pontapé inicial se atrasasse por mais de meia hora, enquanto a polícia, acuada, aguardava reforços. Além disso, durante o segundo tempo, o jogo também precisou ser interrompido por alguns minutos. Funcionários à beira do campo ficavam com baldes de água para apagar os sinalizadores atirados contra a pista de atletismo.

A torcida do Estrela Vermelha, no entanto, também deu seu espetáculo. Enquanto a bola rolava, uma fumaça vermelha tomou as arquibancadas atrás de um dos gols, em cena surreal. Nada que fosse suficiente para influenciar em campo. Cinco pontos à frente e com apenas uma derrota até agora, o Partizan está com tudo nas mãos para confirmar a reconquista nas seis rodadas restantes.

Serbia Soccer Serbia Soccer APTOPIX Serbia Soccer