O Chelsea iniciou sua jornada na Liga Europa com um compromisso pouco confortável. Visitou o trepidante Estádio Toumba, casa do PAOK, que fez boa campanha nas preliminares da Champions. No entanto, o ambiente hostil não foi problema para os Blues, que asseguraram a vitória fácil por 1 a 0. Resultado construído logo no início do primeiro tempo, em uma jogada que mostra as melhores características do time de Maurizio Sarri. Uma bela troca de passes, envolvendo os adversários, permitiu que Willian balançasse as redes.

Sarri poupou a maioria de seus titulares, com participações pontuais de jogadores como Jorginho e N’Golo Kanté. O gol saiu aos sete minutos. Em uma boa trama iniciada ainda pela defesa, Ross Barkley fez o principal, ao conduzir no campo de ataque e entregar a bola a Willian. De frente para o goleiro, o ponta não desperdiçou. Controlando a posse de bola, os Blues não sofreram riscos no duelo. Além disso, desperdiçaram boas chances para tornar o placar mais elástico. Foram 22 finalizações dos ingleses, contra três dos gregos, apenas uma correta. Além disso, os londrinos mantiveram 68% de posse de bola.

Com a vitória, o Chelsea larga bem no Grupo L, que também teve a vitória do Bate Borisov sobre o MOL Vidi fora de casa, por 2 a 0. Os Blues voltam a campo no final de semana, quando visitam o West Ham na Premier League. Depois, dois compromissos decisivos contra o Liverpool na mesma semana, pela Copa da Liga e pelo Campeonato Inglês.