O foco do Bayern de Munique já se volta à Champions League. Na próxima terça-feira, os bávaros enfrentam o Chelsea em Stamford Bridge, no primeiro jogo pelas oitavas de final. E se a equipe imaginava uma rodada tranquila na Bundesliga, terminou bem mais exigida que o esperado: o Paderborn deu trabalho nesta sexta, dentro da Allianz Arena. Explorando os erros, os visitantes maltrataram nos contra-ataques e buscaram o empate por duas vezes. A sorte do Bayern é contar com um “fominha” como Lewandowski. Enquanto parte dos titulares foram poupados, o artilheiro esteve em campo durante os 90 minutos e garantiu o resultado. Bem assessorado por Gnabry, o polonês fez dois gols, sacramentando o triunfo por 3 a 2 nos minutos finais.

Pensando na Champions, Hansi Flick usou um time misto. Inclusive, testou uma nova formação com três zagueiros. E o Bayern já deveria ter ligado o sinal de alerta aos quatro minutos, quando o Paderborn teve um gol anulado por impedimento. De qualquer maneira, o jogo permaneceu nas mãos dos anfitriões. Os bávaros dominavam a posse de bola e acuavam os visitantes, que conseguiam proteger sua área. Exceção feita a uma cabeçada de Lewa para fora, os anfitriões demoraram a criar. Somente com um pouco mais de espaço, aos 25, é que saiu o primeiro gol. A partir de uma bola roubada por Lewandowski, Corentin Tolisso deu o passe e Serge Gnabry arrematou dentro da área. Mesmo com seu caminho congestionado, o ponta balançou as redes.

Com o gol, o Bayern passou a jogar de maneira mais solta, mas não tomava as melhores decisões na hora de concluir as jogadas. O Paderborn, por sua vez, esperava uma brecha para contra-atacar. Numa bola longa, Manuel Neuer já tinha sido obrigado a sair do gol. Aos 44, porém, o goleiro se precipitou e falhou feio, permitindo que o lanterninha empatasse. Numa dividida fora da área, Dennis Srbeny passou pelo camisa 1 e teve muita calma na conclusão. Esperou David Alaba errar o carrinho e, com a meta vazia, decretou a igualdade. Ainda que os bávaros fossem melhores, não faziam muito para abrir a defesa adversária e se mostravam vulneráveis aos contragolpes.

O segundo tempo continuou num ritmo parecido. O Bayern tinha a posse de bola, mas tomava sustos nos contra-ataques do Paderborn. Quase os nanicos viraram nos primeiros minutos. Além disso, o goleiro Leopold Zingerle começou a aparecer. Em poucos minutos, o arqueiro realizou duas grandes defesas para frustrar Lewandowski. E, diante das necessidades, Hansi Flick acionou suas estrelas no banco. Thomas Müller e Kingsley Coman entraram em campo. Philippe Coutinho, apagado, mal aproveitou a oportunidade como titular e foi substituído.

A pressa rendeu o segundo gol ao Bayern aos 25 minutos, após uma roubada de bola no campo de ataque. Gnabry avançou pela esquerda e tocou para Lewandowski deixar o seu, finalizando no contrapé do goleiro. No entanto, os bávaros mal puderam comemorar. O Paderborn continuava causando pesadelos nos contragolpes e empatou novamente aos 30. Neuer até defendeu o primeiro tiro, mas Sven Michel não perdoou no rebote. Com mais 15 minutos, o tropeço parecia bem possível aos líderes.

Com mais volume de jogo, o Bayern seguiu tentando. E contar com um artilheiro do calibre de Lewandowski faz toda a diferença. O centroavante liderava o ataque e seria premiado com o gol da vitória aos 43 minutos. Gnabry outra vez teve extrema importância pela esquerda e, após passe de Alphonso Davies, o ponta cruzou a meia altura. O posicionamento perfeito permitiu que Lewa só escorasse às redes, livre de marcação. E nem o terceiro tento tirou as esperanças do Paderborn, que insistiu em um novo empate. Contudo, não houve tempo suficiente.

O Bayern de Munique abre a rodada com 49 pontos, quatro de vantagem na liderança. O RB Leipzig entra em campo neste sábado e terá um jogo difícil, ao enfrentar o Schalke 04 na Veltins Arena. Parece uma boa oportunidade para o time de Hansi Flick ganhar um respiro no topo da tabela. Já o lanterna Paderborn tem 16 pontos, mas fez alguns bons jogos neste início de returno e está a um ponto de atingir a zona dos playoffs.

Classificações Sofascore Resultados