O Bayern de Munique não empolga tanto quanto em outros tempos, mas precisa retomar a confiança a partir dos resultados. Depois da sequência ruim nas últimas semanas, o time de Niko Kovac recupera o fôlego e emendou a segunda vitória consecutiva nesta terça-feira. Encontrou certas dificuldades para superar o AEK Atenas na visita ao Estádio Olímpico, mas experimentou três minutos decisivos que definiram o resultado. Entre o oportunismo e as boas tramas, os alemães conquistaram o triunfo por 2 a 0 e recuperam a tranquilidade na Liga dos Campeões, em um grupo que não deve apresentar grandes desafios aos favoritos.

Desta vez, Kovac privilegiou o melhor possível à sua disposição, sem investir tanto na rotação. O Bayern manteve o controle do jogo desde o primeiro tempo, criando chances perigosas, mas sem conseguir finalizar de maneira mais clara. Enquanto isso, o AEK apostava nos contragolpes, dando um susto ou outro em Manuel Neuer. Esperava-se apenas uma postura mais contundente dos bávaros, que acabaram travados pela forte marcação dos gregos. Pelo volume de jogo, não era uma situação satisfatória.

O AEK tentou arriscar no início da segunda etapa, mas também pecava pela imprecisão. E o Bayern resolveria a partida a partir dos 16 minutos. Em lance travado na área, a bola sobrou para Javi Martínez e o volante emendou um chute acrobático, sem qualquer chance de defesa. Já aos 18, os alemães ampliaram. Ótima troca de passes, com destaque à deixada de calcanhar feita por Serge Gnabry. Rafinha invadiu a área e cruzou na medida para Robert Lewandowski, apenas escorar na pequena área. A deixa para que os visitantes se tranquilizassem. Passaram a administrar mais o resultado para somar os três pontos. Jogaram para o gasto.

Uma das raras boas notícias do Bayern neste início de temporada, Gnabry teve outra atuação destacada, dando boa movimentação pelos lados do campo e ajudando na criação. Thiago Alcântara também fez uma boa exibição, enquanto Rafinha foi bastante acionado pela esquerda – mas David Alaba deve retornar já na próxima rodada da Bundesliga. É um time em reconstrução, que precisa de mais intensidade. Ainda assim, fica a impressão de que faltam mais peças para manter as ambições de outras temporadas recentes. Com o resultado, o Bayern chega aos sete pontos no Grupo E, enquanto o AEK permanece zerado na lanterna.