O Austin FC ganhou um sócio de renome nesta semana. O ator Matthew McConaughey foi anunciado como um dos novos sócios da Two Oak Ventures, a empresa que faz a gestão do clube. O ator é nascido no Texas e morador de Austin, além de grande entusiasta da cidade. Além dele, entraram na sociedade Eddie Margain, empresário de tecnologia local, Marius Haas, presidente e chefe comercial da Dell Technologies e o executivo de energia local Bryan Sheffield. O clube irá estrear na MLS em 2021 e está se preparando para isso.

“É meu privilégio dar as boas-vindas aos meus novos sócios ao Austin FC”, afirmou o sócio majoritário e CEO, Anthony Precourt, em nota divulgada pelo clube. “Este grupo conhece e ama a cidade de Austin e o jogo bonito. Eu não posso pensar em ninguém melhor para nos ajudar a realizar nossas ambições como um clube de futebol para esta comunidade toda”.

Segundo a nota do clube, os novos sócios trazem “perspicácia nos negócios, experiência empresarial e, mais importante, raízes em Austin”. O clube anunciou recentemente que estão próximos de começar a construção do seu estádio, inteiramente financiado com dinheiro privado. O planejamento é que a estreia do estádio aconteça em 2021, quando o clube irá estrear na MLS.

“Foi muito divertido trazer reunir esse grupo de amigos para investir em uma organização incrível que impactará muitos dos nossos colegas de Austin”, afirmou Margain. “O Austin FC irá trazer o melhor do futebol profissional para a nossa cidade e minha esperança é que nós inspiremos mais crianças de Austin para jogar este esporte lindo”.

“Austin FC é mais do que um investimento de qualidade POR Austin, é um investimento de qualidade EM Austin”, afirmou McConaughey, vencedor do Oscar em 2014 por “Clube de Compras de Dallas”. “O esporte mais diverso e sem fronteiras do mundo agora está indo para uma das cidades mais multiculturais, criativas e diversas do mundo. O Austin FC é um investimento saudável na cultura e no futuro da nossa cidade”.

Entusiasta de esportes, McConaughey esteve em um jogo do Los Angeles FC em maio vestindo uma camisa do Austin FC. Ele foi convicado de Will Ferrell, que é sócio da franquia californiana. Ele costuma frequentar jogos de basquete e de futebol americano da Universidade do Texas, que fica em Austin, onde ele estudou.

O Austin FC será o primeiro clube profissional de esportes na cidade, que, como dito, já tem alguma força no esporte universitário. Austin, capital do Texas e é a 11ª cidade mais populosa dos Estados Unidos, com mais de 970 mil habitantes. O clube será o terceiro do estado do Texas na MLS, se somando ao Dallas FC e ao Houston Dynamo. E, até por isso, muita gente torceu o nariz pela cidade texana ter pulado à frente de outras, que se preparavam há mais tempo para a entrada na liga, como explicamos neste texto de janeiro de 2019.

A MLS tem atualmente 24 clubes, mas já tem acertada a entrada de outros quatro: Miami (2020), Nashville (2020), Austin (2021) e St. Louis (2022). Há diversas outras cidades que são candidatas e devem entrar na fila em breve, porque os planos da MLS são de chegar a 32 clubes, de forma sustentável. Entre as cidades mais cotadas estão Sacramento, Las Vegas, Charlotte, Phoenix e Raleigh.