O Arsenal abusou dos erros, mas conseguiu buscar a virada contra o Rapid graças aos substitutos

Finalista em 2019, o Arsenal possui na Liga Europa um caminho nesta temporada. Se a vaga na Champions anda difícil aos Gunners através da Premier League, o torneio secundário oferece um atalho, assim como a chance de um título internacional que não pinta ao clube desde a década de 1990. Nas fases iniciais, os londrinos tendem a empurrar a competição com a barriga. Ainda assim, a estreia nesta quinta quase resultou em desastre. O time de Mikel Arteta fez uma partida ruim, mas conseguiu virar para cima do Rapid Viena, com o triunfo por 2 a 1 no Allianz Stadion.

O Arsenal entrou com uma equipe bastante modificada em relação à derrota para o Manchester City no final de semana, com vários reservas. E os londrinos demoraram a engrenar em Viena. Num primeiro tempo fraco, os Gunners até pareciam dispostos a resolver logo, mas viram o Rapid crescer com o passar do tempo e levar sufoco. Ainda assim, ninguém poderia esperar por um gol tão desastroso para colocar os alviverdes em vantagem, aos seis do segundo tempo. Bernd Leno vacilou feio na saída de bola e Ercan Kara bloqueou o passe. A bola sobrou a Taxiarchis Fountas, livre na área, e o atacante não teve problemas para guardar.

O nervosismo abatia o Arsenal e os erros se repetiam. Entretanto, logo os visitantes partiriam para cima em busca da reação. Arteta mandou a campo Pierre-Emerick Aubameyang e Héctor Bellerín, aumentando a força ofensiva. Faltava um pouco mais de capacidade criativa aos Gunners, apostando demais nas bolas alçadas. Porém, foi exatamente este o caminho do empate, aos 25. Nicolas Pépé cobrou falta que David Luiz concluiu, saltando com total liberdade dentro da área vienense.

A partir de então, o Rapid sentiu o baque e teria muitas dificuldades para responder. Quase veio mais um gol em pixotada do Arsenal, com Leno e David Luiz batendo cabeça para cortar um contra-ataque, mas Fountas errou o alvo. Logo depois, a virada se concretizou, aos 29. Mohamed Elneny descolou uma linda enfiada para Bellerín na direita e o lateral passou livre às costas da zaga. Os austríacos pararam e o defensor cruzou na medida para Auba escorar. Depois disso, o terceiro dos Gunners pareceu mais provável, com Alexandre Lacazette desperdiçando o melhor lance, ao ser lançado por David Luiz.

Foi uma partida bem abaixo da crítica do Arsenal, pelos erros na defesa e pelas dificuldades de criação no ataque. Dentre os raros destaques, dá para mencionar a boa estreia de Thomas Partey como titular, tomando conta do meio-campo. De qualquer forma, os três pontos vieram, em uma chave bem tranquila para os Gunners na competição. Será até natural que sigam empurrando com a barriga rumo aos mata-matas.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore