O ano de 2018 foi duro, mas sobrevivemos. Que em 2019 seja muito melhor! Feliz ano novo!

O ano de 2018 trouxe muitos desafios, muitos momentos marcantes e desafios. Teve Copa do Mundo! Tivemos um ano movimentado por aqui, entre tantos eventos, jogos, gols, histórias. Buscamos, em todos os dias do ano, trazer um pouco do melhor de tudo isso para vocês, diariamente, 7 dias por semanas, 365 dias por ano.

O ambiente da Trivela é algo que poucos lugares conseguem ter. A nossa maior riqueza é justamente isso: somos uma comunidade de apaixonados por futebol, apaixonados por um esporte que é maravilhoso e nos traz tantas e tantas emoções. Muitos não acreditam nos pedidos que recebemos para fazer matérias sobre times pequenos do Brasil e do Mundo, falar sobre clássicos pouco conhecidos ou mesmo sobre um jogo da segundona inglesa em meio a uma rodada cheia da badalada Premier League.

 

Posso garantir a vocês: amamos receber esse tipo de retorno. Amamos ler os relatos de vocês sobre os jogos que mais gostam, que querem ver por aqui. Adoramos receber todos os pedidos de vocês, mesmo que não consigamos atender a grande parte deles – somos só três, nos perdoem. Gostamos de ouvir o que vocês têm a dizer e queremos fazer mais isso, não só no Facebook, no Twitter, no Instagram ou aqui no site, nos comentários. Queremos mais de vocês, que possamos ter mais dessa interação.

E o que podemos desejar é que o ano de 2019 traga mais boas histórias, tenhamos mais proximidade com cada um dos leitores, mais força e que possamos levar o jornalismo independente cada vez mais longe. Que tenhamos cada vez mais Padrinhos e, assim, mais força (e mais capacidade) de contar histórias por lugares que atualmente não alcançamos. Sonhamos alto, e isso não é só pela Champions League, que é maravilhosa e cobrimos como ninguém, modéstia à parte. Queremos cobrir a história de times da segunda divisão estadual, ou da Série C, cobrir mais a Série B, termos mais capacidade de chegar até esses lugares para levarmos a qualidade Trivela também para os jogos que não estão na TV toda semana.

Temos muitos problemas e tivemos muitos neste ano. Foram incertezas, dúvidas, aquele “será que vai dar?”, naquele estilo de ficar cinco pontos atrás no campeonato e ficar com medo de um “não vai daaaaaaaaar”, ou aquele medo que o time vá ser rebaixado. Ficamos com medo de não dar para continuar. Mas deu. Chegamos ao fim do ano, chegamos a 2019, sobrevivemos mais um ano. A Trivela sobrevive, mais uma vez, nos seus 20 anos. Sonhamos em mais, muito, muito mais. E espero mesmo que tenhamos mais de vocês. E mais de nós também, que possamos mostrar um pouco do que somos, pensamos, queremos.

Vamos juntos?

Feliz ano novo, pessoal! Feliz 2019!