A Internazionale entra na Liga Europa como uma potencial favorita ao título. A tradição e o poderio financeiro do clube são evidentes, assim como os nerazzurri possuem um elenco forte o suficiente para sonhar com a taça continental. Dividir as atenções com a Serie A é um entrave, diante da prioridade ao Scudetto. Ainda assim, a estreia nos mata-matas já aproximou a Inter das oitavas de final. Em visita à Bulgária, o time de Antonio Conte venceu o Ludogorets por 2 a 0. Christian Eriksen anotou o primeiro gol, inaugurando sua contagem pelo novo clube.

Como era de se esperar, a Inter não entrou em campo com força máxima. Conte optou por um time misto, que teve dificuldades para criar chances durante o primeiro tempo. Na segunda etapa, os nerazzurri aumentaram o ritmo e abriram o seu caminho. A equipe acumulava chances, mas não conseguia romper o zero. O tento saiu aos 26 minutos, numa linda jogada coletiva, pouco depois de Romelu Lukaku entrar no lugar de Lautaro Martínez.

Os interistas tocaram a bola com muita qualidade na entrada da área. Alexis Sánchez fez um grande trabalho pela esquerda, girando e fintando a marcação. Os passes saíam rapidamente, até que Lukaku preparasse o pivô e Eriksen chutasse rasteiro. Em grande estilo, o novato balançou as redes pela primeira vez com a camisa da Inter. Logo na sequência, o dinamarquês quase fez mais um. Soltou o pé de fora da área, mas carimbou o travessão. Já nos acréscimos, Lukaku fechou a contagem, em cobrança de pênalti.

A vantagem da Internazionale é importante, especialmente pensando na sequência de compromissos do time. Os nerazzurri pegam a Sampdoria na próxima rodada da Serie A, antes da volta contra o Ludogorets em Milão. Já no domingo seguinte, acontece o clássico decisivo contra a Juventus pelo Italiano, em Turim. Conte poderá poupar ainda mais seus jogadores no segundo embate ante os búlgaros, de olho na Velha Senhora.