Numa precisa finalização, Defoe anotou seu gol 300 por clubes e ampliou a vantagem do Rangers no topo do Escocês

O Rangers parece cada vez mais pronto para quebrar a hegemonia do Celtic no Campeonato Escocês. Neste domingo, os Teddy Bears abriram mais dois pontos de vantagem na liderança. Enquanto a equipe treinada por Steven Gerrard derrotou o Livingstone por 2 a 0 no Estádio Ibrox, os rivais cederam o empate por 3 a 3 contra o Aberdeen. E o grande destaque da rodada foi o interminável Jermaine Defoe. Aos 38 anos, o atacante fechou o placar aos Gers com um lindo tento, o de número 300 em sua carreira por clubes.

O Rangers definiu sua vitória rapidamente. O primeiro gol saiu aos nove minutos, em cruzamento de Ianis Hagi para Joe Aribo concluir. Já aos 16, Defoe deixou sua marca. James Tavernier fez um excelente lançamento e o veterano ganhou da marcação na velocidade. Mais bonita ainda foi a finalização, que pareceu fazer a bola dormir, num tiro que morreu manso no canto do goleiro. Qualidade de quem sabe o caminho às redes.

Dos 300 gols de Defoe, quase metade ele anotou pelo Tottenham, 143 no total. O atacante também somou 41 por West Ham, 37 por Sunderland, 23 por Bournemouth e 17 por Portsmouth, além de 12 no Toronto FC. Além disso, são 27 tentos com a camisa do Rangers, em sua terceira temporada pelo clube de Glasgow. Defoe ainda contabiliza 20 gols pela seleção inglesa, em 57 aparições com os Three Lions.

O Rangers não sabe o que é derrota desde agosto, quando foi eliminado pelo Bayer Leverkusen na Liga Europa passada. Desde então, emendou 15 jogos de invencibilidade, com uma série atual de sete vitórias consecutivas. Os Teddy Bears somam 32 pontos no Campeonato Escocês, seis a mais que o Celtic, embora os rivais tenham um jogo a menos. Vale lembrar que a equipe de Steven Gerrard venceu a Old Firm do final de semana passado em Parkhead, batendo os alviverdes por 2 a 0.