Edin Dzeko é um nome imprescindível à Roma nos últimos anos e a máxima continua verdadeira no retorno dos giallorossi à Serie A. Os romanistas entraram em campo nesta quarta-feira, recebendo a Sampdoria no Estádio Olímpico. A equipe da casa parecia propensa ao tropeço, permanecendo atrás no placar até a metade do segundo tempo. Dzeko, entretanto, fez toda a diferença ao seu time. Com dois lances de excelente definição, garantiu o triunfo por 2 a 1, que sustenta as pretensões rumo ao G-4.

A partida começou nas mãos da Roma e o gol só não saiu porque o goleiro Emil Audero estava intransponível. Foram três grandes defesas em dez minutos, a mais fantástica em chute cruzado de Dzeko. Aos 11, uma bobeira da defesa romanista permitiu que Manolo Gabbiadini colocasse a Samp na frente. Amadou Diawara recuou mal e deixou o centroavante adversário livre para marcar, após driblar o goleiro Antonio Mirante.

Os dois arqueiros tinham trabalho, até Dzeko mudar a história do jogo a partir dos 19 minutos do segundo tempo. Lorenzo Pellegrini descolou um lançamento cirúrgico da intermediária e o artilheiro não desperdiçou. Passou nas costas da zaga e virou um lindo arremate de primeira, no alto, para vencer Audero. Aleksandar Kolarov chegou a carimbar a trave em cobrança de falta, mas a noite era mesmo de Dzeko. A cinco minutos do fim, Bryan Cristante rifou outra bola ao ataque e de novo o bósnio se desvencilhou da marcação, agora para bater com categoria. Pegou de chapa e só deslocou Audero, definindo o triunfo.

A Roma ocupa a quinta colocação e permanece seis pontos atrás da Atalanta, que venceu a Lazio em sensacional virada nesta quarta. A equipe de Paulo Fonseca emendou a terceira vitória consecutiva. A Sampdoria, por sua vez, aparece no modesto 16° lugar. Está apenas um ponto acima da zona de rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore