Dennis Bergkamp é uma sumidade no Arsenal. A chegada do holandês a Highbury tornou-se uma das chaves para o sucesso vivido pelos Gunners na virada do século. Talento raro que liderou os Gunners a grandes conquistas, ao lado de nomes como Henry, Vieira e Adams – e, não à toa, acabou homenageado com uma estátua no Emirates. A carreira espetacular do holandês, no entanto, começara muito antes. Mais exatamente no Ajax, onde chegou aos 11 anos e permaneceu até os 24, saindo como um dos melhores da Europa.

VEJA TAMBÉM: Bergkamp, Van Persie e a banheira que mudou a vida do garoto holandês

A estreia de Bergkamp no time profissional aconteceu quando tinha apenas 17 anos, pelas mãos do técnico Johan Cruyff. Em Amsterdã, o craque conquistou apenas um Campeonato Holandês, uma Copa da Uefa e uma Recopa Europeia, em tempos nos quais o clube era ofuscado no país pelo PSV de Romário. No entanto, o garoto encantou tanto pelo clube que disputou até mesmo a Bola de Ouro. Em 1992, ficou atrás apenas de Van Basten e Stoichkov, enquanto perdeu para Roberto Baggio no ano seguinte. Em 1993, transferiu-se à Inter como “o melhor camisa 10 do mundo”, cobiçado também por Real Madrid e Juventus, ainda que nunca tenha vingado em Milão. Um fracasso essencial para o seu sucesso no Arsenal.

Abaixo, resgatamos um vídeo com seus grandes lances pelo Ajax, que certamente justificam a aposta da Internazionale e a repercussão que causava  nas listas de melhores da Europa: