Nos 13 anos do penta, reviva aqueles momentos e reveja todos os gols da Seleção

Há 13 anos, o Brasil vencia a Alemanha por 3 a 0 e conquistava a Copa de 2002; relembre os gols da campanha

Você certamente se lembra com foi a manhã de 30 de junho de 2002. Acordou cedo para assistir a uma Seleção que, até antes da Copa, estava bastante desacreditada. Mas que deu a volta por cima graças ao talento de seus craques. A campanha até teve as suas controvérsias, minimizadas pelos 100% de aproveitamento do Brasil e pelo futebol bastante ofensivo. E a coroação veio em Yokohama, em uma atuação imponente sobre a Alemanha, apesar dos sustos e das defesas de Marcos. Sob a regência de Ronaldo e Rivaldo, a vitória por 2 a 0 deixou a taça nas mãos de Cafu.

VÍDEO: Assista à final da Copa de 1958 completa com a narração das rádios na época

Dá até para traçar paralelos entre a crise vivida pelo Brasil na virada dos anos 2000 e a atual. A diferença? Mais do que achar uma forma de jogo em que se aproveitava o potencial dos jogadores (o 3-5-2, liberando os laterais e dando espaço ao trio ofensivo), também havia talento de sobra para resolver individualmente. É só olhar para o elenco no papel, com tantos craques. O que também contribui para a nostalgia daquele momento, seguido por um conto de fadas que só se encerrou diante de Zidane na Copa de 2006. Por quatro anos, a seleção viveu um momento encantado.

Para reviver aquela campanha, assista a todos os 18 gols marcados pela seleção brasileira, 13 deles divididos apenas entre Ronaldo e Rivaldo. E, em um dia tão marcante, também confira a entrega da taça para Cafu em 30 de junho de 2002. Só a musiquinha (Anthem, composta pelo grego Vangelis,  o mesmo autor da canção do filme Carruagens de Fogo) já serve para arrepiar: