A campanha da Roma ainda patina no Campeonato Italiano, numa apagada 11ª posição. Contudo, pelo menos neste domingo, houve um momento notável na campanha romanista na Serie A. Nem tanto pelos 3 a 1 sobre a Sampdoria, mas principalmente porque Juan Jesus voltou a marcar um gol, após 2002 minutos – desde 2013 o zagueiro brasileiro não balançava as redes. Além do mais, Stephan El Shaarawy roubou a cena, com um bonito gol no segundo tempo.

Por sinal, o gol abriu o placar contra os visitantes, aos 20 minutos. Na primeira chance real de gol, a Roma já balançou as redes no Estádio Olímpico. Lorenzo Pellegrini cobrou escanteio, Bryan Cristante desviou de cabeça, e Juan Jesus completou no canto direito do goleiro Emil Audero.

Na etapa final, coube a Patrik Schick também acabar com seu jejum pessoal, fazendo 2 a 0 aos 14 minutos, completando cruzamento de Aleksandr Kolarov. Mas o destaque seria de El Shaarawy, mesmo. Principalmente após os 27 minutos, quando o “Faraó” fez o terceiro gol em grande estilo: após lançamento de Pellegrini, o atacante saiu da marcação de dois, passou por Audero, ficou sem ângulo, mas conseguiu marcar com um chute sinuoso.

No final, Gregoire Defrel ainda marcou um gol de honra para a Samp, aos 44. Mas já nos acréscimos, Dzeko mandou a bola para que El Shaarawy definisse uma goleada razoável para animar a campanha giallorossa no Campeonato Italiano.