Frank Lampard evitou um vexame da Inglaterra em sua estreia em casa pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Diante de 68 mil espectadores em Wembley, os ingleses ficaram a maior parte do tempo atrás no placar contra a Ucrânia, mas conseguiram chegar ao empate por 1 a 1 aos 40 minutos do segundo tempo. O resultado deixa o English Team com quatro pontos na competição, dividindo a liderança do Grupo H com Polônia e Montenegro.

O início da partida foi de equilíbrio, assim como foi no confronto das equipes pela Eurocopa. A Ucrânia começou dominando o meio de campo, mas levou um susto aos dez minutos. Defoe balançou as redes, mas o tento acabou anulado por conta de uma falta no lance. Já a resposta dos visitantes aconteceu logo na sequência, em finalização de Rotan que Gerrard salvou quase em cima da linha.

O English Team começou a impor seu domínio somente a partir dos 25 minutos, criando espaços para finalização. Porém, depois de Cleverley perder um gol feito, Konoplyanka puniu os ingleses em arremate de fora da área, que abriu o marcador. Pouco antes do intervalo, Cleverley ainda tentou se redimir, mas viu seu chute carimbar a trave.

Já na volta para o segundo tempo, a Inglaterra passou a se posicionar no campo ofensivo e a pressionar, mas sem finalizar. Do outro lado, os ucranianos aproveitavam os contra-ataques e quase ampliaram com Zozulya. Com as entradas de Welbeck e Sturridge, Roy Hodgson aumentou o poderio ofensivo de seu time e foi premiado a cinco minutos do fim, em pênalti cobrado por Lampard.

Na sequência da partida, Gerrard ainda seria expulso, ao receber o segundo cartão amarelo. A desvantagem numérica, contudo, não prejudicou a Inglaterra, embora a Ucrânia tenha ameaçado nos acréscimos.

Destaque do jogo

A postura da Ucrânia. Mesmo jogando fora de casa, a equipe de Oleg Blokhin não se retraiu no início do jogo e chegou mesmo a deixar a Inglaterra em apuros. E, no segundo tempo, com a pressão inevitável dos anfitriões, os ucranianos também levaram perigo nos contra-ataques.

Momento-chave

A entrada de Danny Welbeck. Cleverley estava bem no jogo, aparecendo bastante no setor ofensivo. Contudo, o atacante do Manchester United acabou sendo decisivo na pressão final da Inglaterra. Depois de acertar a trave, Welbeck participou diretamente no lance que resultou no pênalti convertido por Lampard.

Os gols

38’/1T – GOL DA UCRÂNIA! Konoplyanka recebe no lado esquerdo do ataque, limpa a marcação de Gerrard e arrisca de fora da área. A bola morre no ângulo, longe do alcance de Joe Hart.

40’/2T – GOL DA INGLATERRA! Welbeck recebe dentro da área e chuta para o gol, mas Khacheridi desvia com o braço. Na cobrança da penalidade, Lampard solta a bomba e empata para a Inglaterra.

Ficha técnica

Inglaterra 1×1 Ucrânia

Local: estádio Wembley, em Londres (ING)
Data: 11/set, terça-feira
Árbitro: Cüneyt Çakir (TUR)
Gols: Evgeni Konoplyanka, aos 38’/1T; Frank Lampard, aos 40’/2T.
Cartões amarelos: Steven Gerrard, Joleon Lescott, Glen Johnson, James Milner e Jermain Defoe (Inglaterra); Yevgen Selin, Yevhen Khacheridi e Denis Garmash (Ucrânia)
Cartão vermelho: Steven Gerrard (Inglaterra)

Inglaterra
Joe Hart, Glen Johnson, Phil Jagielka, Joleon Lescott e Leighton Baines (Ryan Bertrand, aos 28’/2T); James Milner, Steven Gerrard, Frank Lampard e Alex Oxlade-Chamberlain (Daniel Sturridge, aos 24’/2T); Tom Cleverley (Danny Welbeck, aos 17’/2T); Jermain Defoe. Técnico: Roy Hodgson.

Ucrânia
Andriy Pyatov, Oleg Gusev, Yevhen Khacheridi, Yaroslav Rakitskiy e Yevgen Selin (Vyacheslav Shevchuk, aos 30’/2T); Anatoliy Tymoshchuk e Ruslan Rotan (Sergey Nazarenko, aos 47’/2T); Andriy Yarmolenko, Denis Garmash e Evgeni Konoplyanka; Roman Zozulya (Marko Devic, aos 44’/2T). Técnico: Oleg Blokhin.