No Campeonato Espanhol, mais da metade dos times tem saldo de gols negativo

As 13 equipes com saldo de gol negativo retratam a desigualdade presente na La Liga

A desequilíbrio no futebol dentro da Espanha é uma realidade. Desde as cotas de TV, que são distribuídas de forma injusta entre os clubes, até o nível do campeonato nacional. Olhando para a tabela de classificação desta temporada da La Liga, dá para contar nos dedos quantos times possuem saldo de gols positivo. Com uma única mão, é possível contar quantas equipes têm saldo de gols superior a dez. Isso mostra o quanto o campeonato espanhol é desigual e tem toda a força concentrada nos clubes com maior peso, que são Real Madrid e Barcelona – e, mais recentemente, Atlético de Madrid.

LEIA TAMBÉM: A eficiência que fez o Atleti prevalecer, apesar do vareio de Bayern e Barça nas estatísticas

Celta de Vigo, Valencia, Las Palmas, Real Sociedad, Eibar, Betis, Espanyol, Deportivo La Coruña, Granada, Rayo Vallecano, Sporting Gijón, Getafe e Levante são os times cujo saldo de gols é inferior a zero. Curiosamente, Barcelona e Real Madrid marcaram mais de quatro gols em cima de 11 deles em ao menos um dos jogos da Liga nesta temporada. O Valencia, que venceu os merengues e empatou com o Barça em casa, acabou tomando sete gols dos culés no Camp Nou, pela Copa do Rei (o que não entra na conta do saldo de gols, mas ainda é impressionante).

As goleadas acontecem por uma diferença de nível muito grande entre Barcelona e Real Madrid e os demais times, exceção ao Atlético, algo que se agravou quando os dois se tornaram super times com o dinheiro da TV. No entanto, o campeonato nacional deles já teve mais equilíbrio competitivo até o início dos anos 2000. O Real Madrid e o Barcelona costumam golear porque possuem ataques extremamente eficientes e letais. As goleadas poderiam colocar em questão a qualidade dos times – e frequentemente isso acontece nas conversas sobre futebol -, mas nas competições europeias vemos a força das equipes espanholas. Tanto que ainda é possível que tanto a final da Champions League quanto a da Liga Europa sejam inteiramente espanholas.

Já com o Atlético de Madrid a história é um pouco diferente. Mesmo entrando nesta temporada para brigar pelo título com a dupla mais vitoriosa da história da La Liga e ocupando o segundo lugar na tabela, o saldo de gols não é tão bom quanto o de Real, que está em terceiro, e Barça, o atual líder. Isso porque o time colchonero tem um caráter bastante defensivo (é a melhor defesa do campeonato, com apenas 16 gols sofridos e o time com mais jogos sem sofrer gols entre todos das cinco principais ligas europeias, é válido mencionar), mas não tem um DNA de equipe goleadora, como o rival madrilenho e o time catalão.

Veja como está a tabela do Campeonato Espanhol no momento, faltando duas rodadas para o fim:

liga