Nkunku serviu quatro assistências e o Leipzig amassou o Schalke em plena Veltins Arena

Uma das cobranças ao RB Leipzig nesta temporada recai sobre a postura do time nas principais partidas. Os Touros Vermelhos encontram dificuldades para enfrentar alguns adversários de mais peso, deixando os resultados escaparem com frequência. As semanas recentes foram exigentes à equipe de Julian Nagelsmann, que desperdiçou a chance de derrotar o Bayern de Munique e também construiu um placar mais econômico do que poderia contra o Tottenham. Já neste sábado, não houve miséria na visita a Gelsenkirchen. O clube da Red Bull partiu com tudo e amassou o Schalke 04, em goleada por 5 a 0 dentro da Veltins Arena.

A partida se abriu logo aos dois minutos, quando Marcel Sabitzer inaugurou o placar. Timo Werner deu o passe ao meia, que arriscou o chute de fora da área. A bola desviou na marcação e enganou o goleiro Alexander Nübel, que poderia ter feito melhor. Num duelo entre dois times que jogam com velocidade, os espaços sobravam em campo. Todavia, a contundência do Leipzig era bem maior. Foram 11 finalizações dos visitantes contra nenhuma do Schalke no primeiro tempo. Sabitzer estava inspirado e coordenava os principais lances.

A goleada, entretanto, se abriu apenas no segundo tempo. Timo Werner deixou o seu aos 16. O artilheiro recebeu de Christopher Nkunku, cortou a marcação e soltou a bomba. Foi seu 21° tento na campanha, igualando seu melhor desempenho pela Bundesliga. As únicas finalizações do Schalke no jogo vieram cinco minutos depois, sem que Peter Gulácsi deixasse passar. E o terceiro gol do Leipzig nasceu aos 23, num escanteio cobrado por Nkunku que Marcel Halstenberg desviou de cabeça.

O grande nome da noite seria mesmo Nkunku. O meia chamava a marcação para dançar e entregava passes precisos aos companheiros. O quarto teria mais uma assistência do francês, embora os méritos tenham sido mesmo de Angeliño. O lateral deu um corte seco na marcação e bateu cruzado, em mais uma pintura. Por fim, Emil Forsberg encerrou o baile aos 44. Nkunku deu sua quarta assistência, ao achar o sueco livre na entrada da área. Com categoria, o meia deu um tapa no canto. Nkunku chegou a 11 assistências na Bundesliga 2019/20, apenas três a menos que Jadon Sancho e Thomas Müller, os líderes na estatística.

A vitória em Gelsenkirchen reafirma o Leipzig neste segundo turno, após um início titubeante. Os Touros Vermelhos chegam aos 48 pontos, um a menos que o Bayern de Munique. Também importante, voltam a deixar o Borussia Dortmund para trás. Já o Schalke 04 só venceu uma desde a abertura do returno. Os Azuis Reais acumulam cinco rodadas sem vencer e estacionam na sexta colocação, cada vez mais distantes da briga pela Champions.

Classificações Sofascore Resultados