A bola pingou na frente do atacante, do jeito que qualquer fazedor de gols sonha. A única coisa que faltava era encher o pé, estufar a rede e ir para a galera. Mas Awer Mabil, do Adelaide, um queniano de 19 anos, se atrapalhou todo. Interceptou o passe com a coxa e mandou a bola por cima do travessão, a cerca de dois metros da linha de meta. Um erro inacreditável que, no final, acabou não fazendo diferença nenhuma porque o seu time venceu o Perth Glory por 2 a 0 e ele marcou o segundo. Talvez a pergunta mais difícil de responder é como ele conseguiu fazer um gol.