A Jamaica não é uma potência futebolística, nem na Concacaf. Os Reggae Boyz participaram de apenas uma Copa do Mundo, em 1998, mas, depois de eliminarem os Estados Unidos e chegarem à final da Copa Ouro, podem ser considerados candidatos a uma vaga no Mundial de 2018. Do outro lado, a Nicarágua, único país da América Central que não tem o futebol como esporte mais popular (perde do beisebol).

VEJA MAIS: A Jamaica encerrou o sonho americano para escrever a sua grande história na Copa Ouro

Era óbvio que os jamaicanos eram favoritíssimos no confronto entre eles pela terceira fase das Eliminatórias da Concacaf para a Copa. Mas os nicaraguenses surpreendiam. Venceram por 3 a 2 o jogo de ida, em Kingston. Bastava empatar em casa, até uma derrota por um gol em Manágua provavelmente serviria.

Era o que ocorria nesta terça. A Jamaica vencia por 1 a 0, gol de Mattocks aos 13 minutos. O tempo passava e passava, com um placar que classificava a Nicarágua pelos gols como visitante. A pressão jamaicana cresceu após o intervalo. E nada de a bola entrar.

Até que, aos 44 minutos do segundo tempo, a Jamaica tem um lateral. Bola alçada na área, a defesa nicaraguense tira mal, Dawkins fica com a sobra e…

…Jamaica classificada.