O Santos se sagrou campeão da Recopa Sul-Americana nesta quarta-feira, ao derrotar a Universidad de Chile por 2 a 0, no Pacaembu. Na partida de ida, em Santiago, houve empate por 0 a 0. Foi o primeiro título santista da competição.

No primeiro tempo, o Santos não começou bem. Confuso taticamente, o time era dominado pela Universidad de Chile, que perdeu boas chances para fazer o placar. Mas a partir dos 15 minutos, Neymar entrou no jogo.

O camisa 11 abriu o placar aos 29 minutos, após tabelar com André e finalizar rasteiro no canto direito de Jhonny Herrera. Nos acréscimos, Neymar teve a chance de ampliar cobrando pênalti, mas o goleiro chileno defendeu e manteve o placar em 1 a 0.

Após o intervalo, o Santos voltou controlando melhor o jogo. As investidas de Neymar continuaram incomodando a zaga chilena, mas quem ampliou o placar foi Bruno Rodrigo, de cabeça, aos 16 minutos. Os santistas ainda criaram mais algumas chances, mas desperdiçaram e o placar seguiu inalterado até o fim.