Para um time que tem sofrido tanto quanto o Manchester United, uma vitória com sobras é sempre boa para a confiança. Neste Boxing Day, o time comandado por Ole Gunnar Solskjaer venceu com facilidade o Newcastle por 4 a 1 e voltou a conquistar três pontos na Premier League depois de duas rodadas de tropeços, contra Everton e Watford. O time aproveitou também as bobeiras defensivas dos visitantes, que acabaram dando presentes de Natal atrasados em Old Trafford.

O primeiro gol veio aos 17 minutos, mas foi para o Newcastle. Depois de um passe longo para Joelinton, o centroavante brasileiro dominou, protegeu e ajeitou dentro da área para Matthew Longstaff, que driblou e tocou no canto: 1 a 0. O empate, porém, não demorou. Aos 24 minutos, Andreas Pereira fez um bom lance de pivô dentro da área, ajeitando para Anthony Martial, que chutou e o goleiro Martin Dubravka aceitou: 1 a 1.

Ainda no primeiro tempo, aos 35 minutos, o Manchester United arrancou a virada. Em uma saída de bola errada, Fernández passou mal a bola, Mason Greenwood interceptou e, com o pé esquerdo, chutou de fora da área. A bola ainda desviou de leve no próprio Fernández, tocou no travessão e entrou: 2 a 1.

Parecia que o placar seria este no intervalo, mas o Manchester United encontrou outro gol ainda no primeiro tempo. Fred tocou para Andreas Pereira, que achou o lateral Wan-Bissaka, que cruzou. Rashford subiu bem, cabeceou no canto e colocou 3 a 1 no placar. O Newcastle reclamou de falta na origem da jogada, em uma disputa de Scott McTominay. O VAR revisou, mas não viu irregularidade e o gol foi confirmado. Foi o 11º gol de Rashford na Premier League nesta temporada.

O United cresceu no jogo e ainda chegou a ter mais uma chance antes do fim do primeiro tempo. Foi assim também no início do segundo tempo. O United pressionava, já com a entrada de Paul Pogba no meio-campo no lugar de Scott Tominay. O francês logo levou perigo em um chute de fora da área.

O quarto gol não demoraria. Sean Longstaff tocou para trás, Anthony Martial interceptou e, na cara do gol, só tocou de leve por cima do goleiro e saiu para a comemoração: 4 a 1, aos seis minutos. Sexto gol de Martial na liga nesta temporada. O jogo ficou fácil. Os mandantes faziam o que queriam em campo e ficavam com a bola no campo de ataque.

O ritmo do jogo diminuiu, mas o United continuava criando chances. Até por isso, o Newcastle recuou um pouco para estancar a sangria. Com dois passos atrás, o time de Steve Bruce deu menos espaço e o próprio United passou a controlar o jogo em um ritmo mais baixo, até para se poupar em um período de tantos jogos seguidos.

O Manchester United volta a campo no dia 28, sábado, quando enfrenta o Burnley fora de casa. O Newcastle também joga no sábado, mas em casa contra o Everton.

Classificações Sofascore Resultados