A última rodada da Championship, a segunda divisão da Inglaterra, foi uma loucura. O Newcastle lutava contra o Brighton & Hove Albion pelo título, enquanto dois times tradicionais brigavam contra o rebaixamento. Nottingham Forest e Blackburn precisavam vencer para não caírem para a terceirona. O Newcastle arrancou o título no final, de forma emocionante. E a briga contra o rebaixamento foi dramática, Bom o Nottingham Forest se salvando apenas no saldo de gols.

LEIA MAIS:
– Bate e volta: Newcastle retorna à Premier League, com direito a goleada
– Após anos de luta, enfim o Brighton conquista o acesso à Premier League

O Newcastle já estava garantido na Premier League, assim como o líder Brighton, mas ainda lutava pelo título. Os Magpies estava com 91 pontos, enquanto o Brighton começou a rodada com 92. A vitória sobre o Barnsley foi tranquila, um 3 a 0 que nunca esteve ameaçado. Ayoze Pérez, Chancel Mbemba e Dwight Gayle marcaram os três gols da partida, dando uma vitória tranquila diante do enorme público em St. James’ Park, 52.276 pessoas. Só que o jogo do time acabou antes do rival. E os jogadores esperaram.

O problema era no outro jogo. O Brighton vencia por 1 a 0, gol de Glenn Murray, aos 19 minutos do segundo tempo. O jogo entrava nos minutos finais com o mesmo placar. O gol de Jack Grealish, aos 44 minutos, empatou o jogo para o Aston Villa. Fez o Brighton perder pontos. Festa do Newcastle, que sobe como campeão da segundona inglesa.

O Aston Villa, aliás, termina o torneio como uma das decepções. Depois de cair na temporada passada, o time esperava retornar imediatamente, mas não foi o que aconteceu. Foi apenas o 13º colocado. Não passou perto sequer da zona de classificação aos playoffs – do terceiro ao sexto. Ficou com 62 pontos, enquanto o Fulham, último classificado aos playoffs, em sexto, terminou com 80.

Fica também uma frustração ao Leeds United, que termina a temporada em sétimo lugar. O time fez uma boa campanha e parecia brigar por uma das vagas de acesso. Tinha no atacante neozelandês Chris Wood o seu grande nome. Ele termina, aliás, como artilheiro da Championship com 27 gols. A reta final do time, porém, foi muito ruim. Nos últimos 10 jogos da temporada, só duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Ficou fora. Chegou a 75 pontos, cinco atrás do Fulham.

O Fulham, que tem o brasileiro Lucas Piazon, ainda emprestado pelo Chelsea, vai disputar com o Reading uma vaga na final. Sheffield Wednesday e Huddersfield jogam entre si pela outra vaga.

A briga contra o rebaixamento
Blackburn foi rebaixado à terceira divisão inglesa (Photo by Justin Setterfield/Getty Images)
Blackburn foi rebaixado à terceira divisão inglesa (Photo by Justin Setterfield/Getty Images)

A última rodada reservava uma briga pesada pela última vaga de permanência na segunda divisão. O Blackburn, campeão inglês em 1995, e o Nottingham Forest, campeão inglês em 1977/78 e bicampeão europeu em 1978/79 e 1979/80. Um deles cairia para a League One. E a disputa foi definida apenas no saldo de gols.

Os dois times entraram na rodada com 48 pontos. Os dois venceram. Fora de casa, o Blackburn venceu o Brentford por 3 a 1, gols de Charlie Mulgrew, Danny Guthrie e Craig Conway. Lasse Vibe descontou para o Brentford. O problema é que com isso, o time terminou com 51 pontos e saldo de gols de -12.

O Nottingham Forest, por sua vez, jogou em casa e venceu o Ipswich Town por 3 a 0. Britt Assombalonga, de pênalti, Chris Cohen e novamente Assombalonga marcaram os gols do Nottingham Forest. Com isso, o time também terminou com 51 pontos, mas o saldo de gols foi de -10. O Nottingham sobreviveria mesmo que tivesse empatado no saldo, com uma vitória por 1 a 0. Teria feito mais gols que o adversário, o segundo critério.

Com isso, o Blackburn será o primeiro clube a vencer a Premier League (a partir de 1992) que jogará a terceira divisão do país. Fará companhia ao Wigan e ao Rotherham, que chegaram à última rodada já rebaixados.

Torcida do Nottingham Forest invade o campo para comemorar permanência do time na segundona (Photo by Nathan Stirk/Getty Images)
Torcida do Nottingham Forest invade o campo para comemorar permanência do time na segundona (Photo by Nathan Stirk/Getty Images)