Neve no Brasil? Não só teve, como a história dos jogos de futebol sob neve viraram livro

Futebol na neve é muito comum e estamos acostumados a ver essa cena em jogos na Europa, principal mercado futebolístico mundial. Já vimos até ser usado como arma dos americanos nas Eliminatórias da Copa para enfrentar a Costa Rica. Mas quando se trata do Brasil, é quase inimaginável pensar em jogos na neve. Pois eles aconteceram. Mesmo em um país tropical, por oito vezes foram jogadas partidas sob neve em território brasileiro. O livro “Pé-frio, futebol e neve no Brasil” conta justamente a história desses jogos.

[foo_related_posts]

O foco é mostrar o caráter pitoresco dos jogos, com jogadores que não estavam acostumados a jogarem sob estas condições climáticas. Por isso, algumas histórias do livro são bastante pitorescas, como a de um goleiro que decidiu vestir meia-calça por baixo do uniforme para se esquentar, lágrimas congeladas e até uma lua de mel interrompida.

Um personagem muito conhecido do livro que aparece nesses episódios inusitados do futebol brasileiro é Luiz Felipe Scolari. O técnico participa de dois dos oito jogos citados no livro – não por coincidência, todos os jogos acontecem na região Sul, a mais fria do país. Todos os jogos registrados foram nos anos 1970. “É uma obra para todos que gostam de futebol, mas também para aqueles que apreciam boas histórias”, diz Henrique Porto, o autor.

O trabalho de pesquisa começou em 2016 e chega em julho deste ano, em formato de livro, pela Design Editora. O livro está em pré-venda e pode ser adquirido no site da Editora Design.

Confira a lista dos jogos retratados no livro:

17/07/1975 – Juventude (RS) 2×0 Internacional-SM (RS)
12/08/1978 – Caxias (RS) 2×2 Cruzeiro (RS)
30/05/1979 – Chapecoense (SC) 3×2 Criciúma (SC)
30/05/1979 – Esportivo (RS) 0x0 Grêmio (RS)
30/05/1979 – Caçadorense (SC) 3×1 Palmeiras (SC)
30/05/1979 – Caxias (RS) 1×0 Grêmio Bagé (RS)
30/05/1979 – Internacional (SC) 1×1 Avaí (SC)
30/05/1979 – Gaúcho (RS) 0x0 Farroupilha (RS)