O anúncio da contratação de Alexander Nübel pelo Bayern de Munique gerou um terremoto no Schalke 04. Que o capitão estivesse no final de seu contrato, perder um dos jogadores mais promissores da Bundesliga de graça (e mais uma vez) representa um duro golpe aos Azuis Reais. Ainda assim, a confirmação do jovem para a próxima temporada também causou rebuliço na Baviera. Aos 23 anos, Nübel não parece ser uma mera sombra a Manuel Neuer, mas sim um arqueiro capaz de pleitear a titularidade dos bávaros em médio prazo. E a barganha do clube não foi bem recebida pelo camisa 1, pouco disposto a servir de mestre ao novo pupilo. Nesta segunda, o veterano deu uma entrevista forte, em que se reafirmou como protagonista.

“Essa é uma decisão do clube pensando nos próximos anos. Alex é um bom goleiro. O futuro será dele… em algum momento”, declarou Neuer, com um leve sorriso no rosto, indicando que não cederá espaço para um revezamento. “Sou um atleta profissional, sempre quero jogar. Tenho ambições e amo estar em campo. Não sou um extra, mas um protagonista. Quero disputar cada partida e sempre será assim”. Neuer possui uma boa relação com Hansi Flick, atual treinador do Bayern. Resta saber se ele continuará no comando para 2020/21.

A insatisfação de Neuer, porém, não é uma mera questão da concorrência que Nübel poderia representar. O veterano apontou a falta de consideração do Bayern com Sven Ulreich, seu reserva imediato. Contratado em 2015, o substituto deu conta do recado na maior parte do tempo em que o camisa 1 permaneceu lesionado – e chegou até mesmo a ser convocado à seleção alemã durante o último ano. De qualquer maneira, aos 31 anos, Ulreich não é exatamente um nome para o futuro na Allianz Arena.

“Nós também temos goleiros muito bons por aqui. Sven sempre se saiu muito bem quando entrou no meu lugar e disputou partidas”, ressaltou Neuer. Diante da contratação de Nübel, reposicionado como terceira opção, Ulreich pretende buscar um novo destino a partir da próxima temporada. Embora não seja um goleiro tão espetacular, pode se encaixar em equipes tradicionais da Bundesliga.

Neuer, por sua vez, ainda permanece com o seu futuro pendente. Próximo de completar 34 anos em março, o veterano possui vínculo com o Bayern até junho de 2021, quando completará uma década no clube. As discussões pela renovação de seu contrato seguem em frente. Todavia, o goleiro também estava descontente com informações vazadas através do jornal Bild sobre os termos do possível acordo.

“Acho que, a respeito das conversas nos bastidores com Hasan Salihamidzic, ninguém deveria falar qualquer coisa do lado de fora. Não vazei nenhuma informação. E todo mundo pode fazer o que quiser”, assinalou. “A chegada de Alex é irrelevante às negociações. O clube demonstrou seu apreço por mim. Até agora, não chegamos a um acordo. Porém, não estou sob pressão, eu já indiquei os fatores que são importantes para mim no futuro”. O Bayern não se mostra interessado em emprestar Nübel, o que indica ao menos a intenção de criar uma rotação para ajudar a desenvolver o novo contratado.

Entre as novidades do Bayern neste início de 2020 está a chegada de Oliver Kahn, novo membro da diretoria. Perguntado se o veterano ajudaria na relação com Nübel, Neuer ainda foi irônico e lembrou a reação do ex-goleiro da seleção quando foi parar no banco de reservas durante a Copa do Mundo de 2006. “Eu sei como ele agiu”, brincou Neuer, diante da postura intempestiva de Kahn ao saber que Jens Lehmann tomaria sua posição.

E, quando questionado sobre a mudança do Schalke 04 ao Bayern, algo que também fez no início da década, Neuer avaliou que talvez não agiria como Nübel. O contexto do passado era outro. A promessa dos Azuis Reais vinha justamente como uma solução ao setor, ante dificuldades para os bávaros encontrarem um titular confiável desde a aposentadoria de Kahn – Hans Jörg Butt, aos 37 anos, vivia seu declínio. Nübel, por outro lado, esbarra num titular absoluto e que inclusive porta a braçadeira de capitão.

“Eu decidiria diferente se fosse Nübel. Eu não gostaria de me transferir para um clube onde eu potencialmente poderia ser a segunda opção. Eu sempre quero jogar, e queria ainda mais quando era mais jovem. Alex é titular do Schalke e um bom goleiro. Não sei como eu teria agido e decidido neste cenário”, comentou o camisa 1 do Bayern. De maneira parecida com o seu sucessor, entretanto, Neuer também não manteve muitos fãs ao virar as costas para o Schalke e se mudar à Baviera.

A situação de Neuer no Bayern 2020/21 talvez se aproxime do que ocorre na seleção. O camisa 1 possui uma disputa imensa com Marc-André ter Stegen na Mannschaft e poderá encontrar um obstáculo similar em Nübel, por mais que o jovem esteja degraus abaixo atualmente. Vale ressaltar que, mesmo com as muitas lesões recentes, o campeão do mundo recupera a sua melhor forma técnica. Que os registros defensivos dos bávaros não sejam bons na atual campanha, isso não é culpa do arqueiro. Segundo a revista Kicker, ele foi o melhor goleiro do futebol alemão na primeira metade da temporada e o segundo melhor jogador do Bayern, atrás apenas de Robert Lewandowski.

Será interessante notar como as declarações de Neuer irão impactar no clube e mesmo em suas negociações. A chegada de Nübel, em teoria, deixa a balança favorável ao Bayern nas tratativas para renovar o contrato. Fato é que, mesmo aos 34 anos, está claro como o camisa 1 pode seguir rendendo em altíssimo nível. Seu entrave são as seguidas lesões, que atrapalharam sua carreira nos últimos anos. Saudável, é goleiro para continuar figurando entre os melhores do mundo. E com uma motivação a mais para apresentar seu talento.