Totti falou o que quis ao fim do jogo de domingo contra a Juventus. Reclamou da arbitragem, afirmou que a Roma terminaria em segundo lugar, porque os bianconeri jogam em uma liga própria e contam com auxílio da arbitragem, e a resposta do outro lado veio de um porta-voz gigante da Velha Senhora. Pavel Nedved rebateu os comentários do Capitano batendo na Roma e questionando a postura do ídolo giallorosso. Sem usar exatamente essas palavras, chamou o concorrente ao título de time pequeno e, com todas as palavras, afirmou que Totti não seria capitão do seu time. Ah, teve ainda coragem de afirmar que os árbitros italianos “têm medo de dar qualquer coisa a favor da Juventus”.

VEJA TAMBÉM: Saiba quem são e o que prometem os políticos boleiros eleitos em 2014

O tcheco começou a réplica todo educado, exaltando Totti como jogador e amigo, mas para logo em seguida dar uma bela de uma pancada, sobretudo na Roma. “Embora o Francesco seja um amigo, um verdadeiro campeão – e no final do jogo eu o cumprimentei -, eu fiquei bravo com ele quando ouvi o que ele disse na frente das câmeras. O Totti nunca pode jogar em um time tão grande quanto a Juventus e, por esse motivo, não entende o que significa trabalhar para um clube tão importante”, afirmou Nedved.

Como as declarações de uma figura pública tão forte como Totti podem ter efeito nos rumos das partidas seguintes, como espécie de “compensação”, o ex-jogador fez questão de colocar a arbitragem também em pauta. Teve a coragem de reclamar dos árbitros. Sim, a Juventus reclamando de decisões dos juízes. “Se você joga ou trabalha para a Juventus, todos estão contra você. Só temos nossos torcedores do nosso lado, e vemos a opinião pública contra nós. Eu iria até mais longe e diria que isso também afeta a atitude dos árbitros, que basicamente têm medo de dar qualquer coisa a nosso favor”, observou Nedved.

Depois de bater na Roma, defender a Juventus e atacar até mesmo a arbitragem, o tcheco apontou sua mira para Totti em si e criticou em especial a atitude do Capitano de cravar que os giallorossi terminariam na segunda colocação. Todo o mundo sabe o que o camisa 10 quis dizer, mas Nedved se fez de tonto e aproveitou para dar uma cutucada no ídolo romanista. “A Roma construiu um time maravilhoso, e o Totti, novamente, o parabenizo, mas pelo que ele faz em campo, não pelo que diz fora dele. Se você estivesse no meu time e dissesse, após apenas a sexta rodada, que ‘vamos terminar em segundo lugar’, você sendo o capitão, não sei se você continuaria com a braçadeira”, provocou.

Os ataques velados de Nedved à Roma como instituição nos fazem acreditar que essa história terá mais capítulos pela frente. É difícil imaginar alguém de dentro do clube giallorosso não rebatendo as palavras do tcheco. De qualquer forma, é preciso tomar cuidado com as declarações. A briga pelo título será muito dura e não dá para um jogador importante ou mesmo Rudi Garcia se dar ao luxo de levar uma punição por abrir demais a boca. Sem falar que, para dar uma resposta à altura da do ídolo bianconero o sujeito precisará ser bem inventivo.