A Federação Francesa de Futebol (FFF) decidiu punir os bolsos dos jogadores que tiveram problemas disciplinares durante a Eurocopa. Samir Nasri, Jérémy Ménez, Hatem Ben Arfa e Yann M’Vila não receberão os prêmios pela classificação às quartas de final da competição.

O quarteto deixará de ganhar € 100 mil euros, prometidos após os Bleus ficarem na liderança do Grupo D da Euro. Além disso, os outros 19 jogadores do elenco perderão 25% do prêmio. A maior parte do dinheiro retido será redistribuída pela FFF às competições amadoras do país.

Em decisão anterior, Nasri tinha sido suspenso da seleção por dois jogos, por discutir com jornalistas após a eliminação francesa na Euro. Já Ménez pegou um jogo de gancho, por ter insultado o goleiro Hugo Lloris, capitão da equipe.