Neste sábado, abrindo a quarta rodada do Campeonato Italiano, a Internazionale já mantivera a sua invencibilidade, vencendo o Crotone com dificuldades. Mais cedo, já neste domingo, a Juventus cumpriu a tarefa e chegou a quatro vitórias em quatro jogos, superando o Sassuolo. O que se podia esperar, então, entre o ofensivo Napoli, que também estava invicto, e o Benevento, último colocado da Serie A? No mínimo, uma vitória fácil. No máximo, uma goleada. Felizmente para a torcida partenopea, a segunda hipótese se concretizou: fáceis 6 a 0 em San Paolo, mantendo o time na liderança do campeonato.

A facilidade que o dia prometia já se viu a partir dos três minutos do primeiro tempo, com o 1 a 0 do time azul. Allan puxou a jogada desde o meio-campo, e passou a Dries Mertens, que bateu. O goleiro Vid Belec rebateu, mas o volante brasileiro já estava a postos na pequena área para conferir no rebote o 1 a 0 napolitano. Depois, foi a vez de Lorenzo Insigne protagonizar as ações no segundo gol, aos 15 minutos, já bonito: o camisa 24 recebeu na área, girou e bateu colocado, sem chances para Belec.

Ainda assim, o grande protagonista da goleada só apareceu no terceiro gol, aos 27, também bonito: Insigne cruzou para a área, da esquerda, e Mertens se antecipou a Belec, desviando na pequena área para o 3 a 0. Mais cinco minutos, e a vitória já encaminhada virou goleada aos 32, com José María Callejón. No segundo tempo, mais dois pênaltis convertidos por Mertens consolidaram o dia tranquilo em San Paolo.