Imagine que o seu time acaba sofrendo uma derrota para um time menor e os jogadores são acusados de não terem corrido o suficiente em campo. Imagine ainda que esse time tem um técnico disciplinador. Pois esse time é o Wolfsburg, que perdeu para o Borussia Mönchengladbach no dia 19 de agosto por 4 a 1.

Digamos que os jogadores criticados sejam Patrick Helmes e Mario Mandzukic e que o técnico seja o polêmico disciplinador Felix Magath. E que os dois jogadores sejam multados em € 10 mil cada com a justificativa que os dois não voltaram para marcar rápido o suficiente – informação do jornal alemão Bild.

Sim, é isso: multados porque não correram o suficiente. E convenhamos que os jogadores ganham muito, mas € 10 mil é um desfalque significativo, não é? E tem mais. Magath, em entrevista, disse que não sabe qual será o futuro de Helmes no clube. “Não sei onde ele treinará no futuro”, disse, abrindo a possibilidade de colocar o jogador no time B.

É bom lembrar: Magath afastou o ex-santista Diego depois que o brasileiro deixou a concentração ao saber que seria reserva na última rodada da Bundesliga, em maio. O jogador passou a treinar com o time B e foi liberado para procurar outro clube, desde que pagassem o valor que o Wolfsburg queria. Acabou indo por empréstimo ao Atlético de Madrid.

Multar jogador por não correr o suficiente. Se a moda pega, hein?