O Nantes entrou com uma representação na Fifa para cobrar o Cardiff pelo pagamento da transferência de Emiliano Sala. Uma pessoa ligada ao caso informou à agência AP que a primeira parcela venceu nesta semana. O argentino Sala, de 28 anos, foi contratado por 15 milhões de libras (€ 17 milhões), mas morreu no dia 21 de janeiro em um acidente de avião no dia 21 de janeiro.

LEIA TAMBÉM: Família de Emiliano Sala: “Ver o mundo todo mobilizado tem sido uma ajuda infinitamente preciosa”

“Nós podemos confirmar que recebemos um pedido. Nós estamos analisando a questão, afirmou um porta-voz da Fifa. Como foi uma transferência internacional, necessariamente precisa passar pelo Transfer Matching System (TMS), que é da Fifa. O certificado internacional de transferências foi emitido, mas houve um problema separado com o registro do jogador na Premier League.

“O Cardiff se mantém comprometido a garantir justiça e responsabilidade no que diz respeito ao acordo entre Cardiff City e Nantes, mas primeiramente as autoridades relevantes devem poder determinar os fatos que cercam esta tragédia”, disse um porta-voz do Cardiff. “É inapropriado comentar além disso neste estágio”.

O primeiro pagamento deveria ter sido feito no dia 20 de fevereiro, mas o Cardiff entrou em acordo com o Nantes para estender o prazo em uma semana. A primeira cobrança do Nantes foi no dia 5 de fevereiro. O Cardiff chegou a afirmar que estava retendo o pagamento até que as investigações sobre o acidente fossem concluídas. O presidente Mehmet Dalman disse que o Cardiff será honrável com o Nantes se eles são obrigados a pagarem.

O Nantes não parece muito convencido disso e por isso entra com representação na Fifa. O Bordeaux tem direito a 50% do valor da transferência por uma cláusula presente no contrato do atacante quando ele foi vendido ao Nantes, em 2015. Seu corpo foi resgatado dos escombros do avião, mas o corpo do piloto David Ibbotson ainda não foi encontrado.

LEIA TAMBÉM: Dono de uma grande história, Sala é daqueles jogadores com os quais qualquer torcedor se identifica