A Juventus voltou a campo pelo Campeonato Italiano nesta sexta-feira e a vitória veio de forma tão tranquila que parecia um treino. Sem a torcida, o clima fica ainda mais parecido com uma pelada. Os 4 a 0 foram conquistados com dois gols no final do jogo, quando parece que o Lecce perdeu o controle do jogo. Foi o retorno do atacante, que estava afastado por lesão desde o período de paralisação pelo coronavírus.

O técnico Maurizio Sarri tinha alguns problemas para escalar o time. Sem ter um lateral esquerdo para escalar, a escolha foi por um improviso, do volante Blaise Matuidi, que é canhoto. No meio-campo Adrian Rabiot foi mais uma vez titular, no lugar que é normalmente de Matuidi. Federico Bernardeschi foi titular no ataque, ao lado de Paulo Dybala e Cristiano Ronaldo.

O Lecce até começou bem e fez o goleiro Wojciech Szczesny ter que interferir. Só que aos 31 minutos, Fabio Lucioni foi expulso ao interromper uma chance clara de gol de Rodrigo Betancur. Com um a menos, a tarefa do time visitante em Turim ficou muito complicado. Só que o primeiro tempo acabou com um 0 a 0 no Allianz Stadium.

O primeiro gol só saiu no segundo tempo, em uma jogada que a Juventus apertou a saída de bola e acabou colhendo frutos. Com a pressão alta pelo lado esquerdo, Evgen Shakov tocou errado e a bola caiu dentro da área, com Cristiano Ronaldo. O atacante português ajeitou para Dybala, na entrada da área, que chutou alto, no ângulo. Um golaço: 1 a 0, aos oito minutos do segundo tempo.

Pouco depois, em uma bola tocada para Cristiano Ronaldo dentro da área, Luca Rossettini chegou atrasado e derrubou o português. Pênalti marcado para a Juventus, que o próprio camisa 7 chutou para marcar 2 a 0, aos 17 minutos.

Ganzalo Higuaín voltou a campo pela Juventus no lugar de Dybala aos 32 minutos. Com problemas musculares, o argentino não jogava desde o dia de 8 de março, na vitória por 2 a 0 sobre a Internazionale, ainda antes da paralisação por causa da pandemia do coronavírus. Com poucos minutos em campo, o centroavante marcou.

Em uma jogada individual de Cristiano Ronaldo pela esquerda, o camisa 7 deixou marcadores para trás e tocou de calcanhar para Higuaín, que recebeu e finalizou de pé esquerdo: 2 a 0, aos 38 minutos. Foi o seu nono gol na temporada, em 35 jogos. Já no final do jogo, mais um gol. Em um cruzamento fechado de Douglas Costa, Matthijs De Ligt cabeceou para marcar 4 a 0, aos 40 minutos.

A vitória leva a Juventus a 69 pontos, em primeiro lugar e com sete pontos de vantagem para a Lazio, que ainda joga na rodada, neste sábado, e poderá diminuir novamente a diferença para quatro pontos, se vencer a Fiorentina no estádio Olimpico. A Internazionale, neste momento 11 pontos atrás, precisa vencer o Parma fora de casa para diminuir a diferença para oito pontos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore