O aumento de casos de coronavírus na Itália interfere na rotina do país – e, consequentemente, no futebol. Nesta quinta-feira, Internazionale e Ludogorets se enfrentaram pela Liga Europa com portões fechados no San Siro. E, apesar do clima frio dentro do estádio, os nerazzurri conquistaram mais uma vitória sobre os búlgaros, para confirmar a classificação às oitavas de final. Após o triunfo por 2 a 0 em Razgrad, a equipe de Antonio Conte bateu os visitantes por 2 a 1 em Milão. O resultado veio de virada, e com um tento bastante estranho de Romelu Lukaku.

O goleiro Plamen Iliev tinha salvado o Ludogorets por duas vezes, até que o brasileiro Cauly abrisse o placar do outro lado, aos 26 minutos. Após o cruzamento de Cicinho, o meia ganhou no tranco de Diego Godín e chutou firme para vencer o goleiro Daniele Padelli. A Inter empatou cinco minutos depois. Christian Eriksen abriu com Cristiano Biraghi pela direita e o ala foi esperto, ao chutar entre o goleiro e a trave.

E, na pressão da Inter, a virada saiu durante os acréscimos do primeiro tempo. Lukaku cabeceou para defesa de Iliev e se desequilibrou. O rebote voltou em cima do centroavante que, mesmo deitado, acertou a cabeçada sem querer rumo às redes. Durante o segundo tempo, os nerazzurri poderiam até ter anotado o terceiro. Alexis Sánchez e Lukaku carimbaram a trave. O Ludogorets incomodou um pouco mais no fim, sem resultado.

Dona de três títulos da antiga Copa da Uefa, a Inter parece forte o suficiente para buscar mais um troféu continental. Para tanto, precisará conciliar suas obrigações na Serie A. Durante o próximo domingo, os interistas farão um jogo-chave: receberão a Juventus, em duelo que significa bastante à briga pelo título. Por conta do coronavírus, o Derby d’Italia também acontecerá com portões fechados em Turim.