Pedidos de casamento em um estádio de futebol não são exatamente inéditos. Há histórias de torcedores que organizam eventos especiais para fazer a proposta e mesmo de jogadores que, na comemoração do gol, apresentam a aliança para a amada. No entanto, o Campeonato Romeno apresentou uma cena singular neste final de semana. O 1910 Oradea enfrentaria o Diosig pela quarta divisão. Antes que a bola rolasse, as formalidades aconteciam normalmente. Até que, enquanto o trio de arbitragem posava para as fotos, o assistente resolveu pedir a mão da outra bandeirinha (também sua namorada há três anos) em matrimônio. Belo momento aplaudido inclusive pelos jogadores. Pega de surpresa com a atitude, a moça confirmou o acerto do colega com um beijo. Não foi necessário o VAR para revisar a marcação.