Foi de tirar o fôlego o final do jogo no Westfalenstadion. O empate sem gols que se desenhava entre Dortmund e Wolfsburg mantinham o Bayern na liderança do campeonato alemão. Foi quando apareceu o espanhol Paco Alcácer, que tirou um, ou melhor, dois coelhos da cartola e decretou a vitória aurinegra por 2 a 0.

Empatados em pontos, o Dortmund jogava de olho no Bayern, que tropeçava diante do Freiburg. O problema é que o time de Lucien Favre tinha de fazer sua parte e enfrentava a boa equipe do Wolfsburg, que também briga ponto a ponto por uma vaga na Liga Europa da próxima temporada.  A partida foi bastante equilibrada, com ligeira vantagem para o Dortmund, que finalizou mais, mas estava com a pontaria descalibrada, com muitos chutes para fora, inclusive de Alcácer, que havia desperdiçado uma grande chance na primeira etapa.

O placar permanecia inalterado até os minutos finais, e o ponto que o Wolfsburg arrancava colocava a equipe na sexta posição. Mas o Dortmund ganhou uma falta na entrada da área. E exatamente aos 45 do segundo tempo, Paco Alcácer bateu forte no meio do gol e contou com a falha de Casteels para furar o bloqueio adversário e recuperar a ponta da Bundesliga.

O Wolfsburg se lançou ao ataque para tentar o empate, mas acabou sofrendo mais um gol. O Dortmund recuperou a bola no campo de defesa e Sancho puxou o contra ataque em velocidade, servindo Alcácer dentro da área. O camisa 9 finalizou com tranquilidade e sacramentou a vitória aurinegra, que dá ao Dortmund a liderança da Bundesliga, com 63 pontos, dois à frente do Bayern. Além da disputa pelo título, Alcácer colocou tempero na briga pela artilharia, que parecia ir com facilidade para Lewandowski. O espanhol chegou aos 16 gols e fica três tentos atrás do polonês.